Como seria a Internet sem telas

Comentar

O designer Tom Uglow cria um futuro em que o amor que a humanidade sente pelas soluções naturais e ferramentas simples podem coexistir com a...

O designer Tom Uglow cria um futuro em que o amor que a humanidade sente pelas soluções naturais e ferramentas simples podem coexistir com a nossa necessidade da informação, e os dispositivos de acesso. "A realidade é mais rica que as telas", diz ele. "Podemos ter um lugar feliz cheio de informação que amamos, que sentimos ser tão natural como acender a luz.”



Quero começar pedindo a todos que pensem no seu lugar feliz. Sim, seu lugar feliz, sei que têm um, ainda que seja falso.



(Risos)

Estão confortáveis? Ótimo.

Agora quero que mentalmente respondam às seguintes perguntas: tem alguma lâmpada fluorescente no seu lugar feliz? Mesas de plástico? Piso de poliéster? Celulares? Não? Creio que nós todos sabemos que nosso lugar feliz deveria ser natural, ao ar livre, numa praia, ou perto da lareira. Estaríamos lendo, comendo, ou fazendo tricô. E estamos cercados de luz natural e de elementos orgânicos. As coisas naturais nos fazem felizes, e a felicidade é uma grande motivação; nós estamos em busca da felicidade. Talvez por isso estamos sempre redesenhando tudo, na esperança de que nossas soluções pareçam mais naturais. Vamos começar a partir da ideia de que um bom design proporciona uma sensação natural.

O celular não é muito natural. E provavelmente acham que são viciados em celulares, mas não são não. Não somos viciados nos dispositivos, somos viciados na informação que circula através deles. Eu me pergunto quanto tempo ficariam felizes neste lugar feliz, sem nenhuma informação externa. Quero saber como acessamos esta informação, como a experimentamos. Estamos saindo de uma era de informação estática, guardada em livros, bibliotecas, e pontos de ônibus, ao longo de um período de informação digital, em direção a um período de informação fluída, em que seus filhos esperam acessar tudo, em qualquer lugar, a todo momento, desde a física quântica até a viticultura medieval, desde a teoria do gênero até o tempo de amanhã, como o acender a luz, imaginem só.

Nós humanos gostamos das ferramentas simples. O celular não é uma ferramenta simples. O garfo é uma ferramenta simples.

(Risos)

Nós não gostamos que sejam de plástico. Do mesmo modo, eu não gosto muito do meu celular… não é assim que quero experimentar a informação.

Creio que haja soluções melhores do que um mundo mediado por telas. Eu não odeio telas, mas não sinto… e não acredito que ninguém acha bom passar tanto tempo curvados diante de uma tela. Felizmente, as grandes empresas tecnológicas parecem estar de acordo, e estão investindo muito em toque, fala e gestos, e também nos sentidos; em coisas que podem transformar objetos mudos, como copos, e implantar neles a magia da Internet, com o potencial de converter esta nuvem digital em algo que se possa tocar e mover.

Os pais preocupados com o tempo de uso da tela precisam de brinquedos digitais físicos, que ensinam os filhos a ler, bem como lojas de aplicativos seguras para a família. E creio que isto já está acontecendo.

A realidade é mais rica que as telas. Por exemplo, eu adoro livros. Para mim eles são máquinas do tempo, átomos e moléculas ligados no espaço, a partir do momento da sua criação até o momento da minha experiência. Mas, francamente, o conteúdo é idêntico no meu celular. Então, o que faz esta experiência ser mais agradável do que uma tela, digo, cientificamente? É claro que precisamos de telas. Eu preciso de uma tela enorme para mostrar um filme. Mas podemos fazer mais com estas caixas mágicas. O celular não é a polícia da moda da Internet.

(Risos)

Nós podemos construir coisas concretas, usando a física e pixels, que podem integrar a Internet ao mundo ao nosso redor. Aqui estão alguns exemplos.

Um tempo atrás, eu trabalhei com a Berg, uma agência de design, explorando como seria a Internet sem as telas. Eles nos mostraram várias maneiras como a luz pode funcionar com sensos simples e objetos físicos para realmente dar vida à Internet, torná-la tangível. Como o player do YouTube, tão maravilhosamente mecânico. E isto foi uma inspiração para mim.

Depois eu fui trabalhar para a AQ, uma agência japonesa, em um projeto sobre a saúde mental. Nós queríamos criar um objeto que pudesse capturar dados subjetivos no que concerne a mudanças de humor, tão essencial para um diagnóstico. Este objeto capta o toque, e podem pressioná-lo com força se estiverem com raiva, ou o acariciar se estiverem calmos. É como uma vara de emoji digital. Depois podemos rever estes momentos, e incluir um contexto on-line. Acima de tudo, queríamos criar algo íntimo, bonito, que pudesse viver no seu bolso e ser amado.

Este binóculo foi um presente de aniversário pelos 40 anos da casa da Ópera de Sydney. Nossos amigos de Tellart em Boston trouxeram este binóculo, do tipo que se vê no Empire State Building, e o instalaram com uma vista de 360 graus de outros locais com patrimônios mundiais icônicos…

(Risos)

usando "Street View", e o colocamos sob degraus. Então tornaram-se uma reapropriação muito real e simples, ou um portal para os outros ícones. Portanto, podemos ver Versalhes ou a cabana de Shackleton. Basicamente, é realidade virtual de 1955.

(Risos)

Nós usamos saquinhos com areia no nosso escritório para trocar URLs. Isto é tão simples, quanto o "Opal Card". Em resumo, você coloca um site neste pequeno chip, aí você faz isto… simples, e o site aparece no seu celular. Ele custa cerca de dez centavos.

Estamos trabalhando no projeto Treehugger com “Grumpy Sailor” e “Finch”, aqui em Sydney. Estou muito animado com a possibilidade de que quando desmontarmos celulares e colocarmos suas partes nas árvores, ela sirva de ensejo para meus filhos visitarem uma floresta encantada, guiados por uma varinha de condão, onde possam conversar com fadas digitais, fazer perguntas, e, em troca, responder perguntas. Como podem ver, ainda estamos na fase de papelão.

(Risos)

Mas, estou muito animado com o prospeto de levar a criançada para o ar livre, sem telas, mas, com toda a magia poderosa da Internet ao seu alcance. Planejamos ter algo como isto funcionando até o fim do ano.

Então, vamos recapitular. Os humanos gostam das soluções naturais. Os humanos adoram informação. Eles precisam das ferramentas simples. Esses princípios deveriam ser a base de como projetamos para o futuro, não apenas para a Internet. Talvez sintam-se inseguros com as mudanças da era da informação. Talvez sintam-se desafiados em vez de entusiasmados. Sabem o quê? Eu me sinto assim também. Este é um período extraordinário da história humana.

Na realidade, somos nós que construímos o nosso mundo, não há inteligência artificial… ainda.

(Risos)

Somos nós, projetistas, arquitetos, artistas e engenheiros. E, se desafiarmos a nós mesmos, creio que vamos conseguir um lugar feliz de verdade, cheio de informação que amamos, que sentimos ser tão natural e simples como acender a luz. Ainda que seja inevitável, que as pessoas queiram relógios, sites da Internet e "widgets", talvez pudéssemos pensar em cortiça, luz e saquinhos de areia.

Muitíssimo obrigado.

(Aplausos)

Fonte: TED
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,251,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,46,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,332,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,85,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,80,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,191,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,58,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,471,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,70,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,83,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,488,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,540,Tecnologia da Informação,28,TED,390,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,929,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,136,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Como seria a Internet sem telas
Como seria a Internet sem telas
http://2.bp.blogspot.com/-lVswvTb_8l0/VjVve_Z2w_I/AAAAAAAAhYc/g_3mK0F7QEo/s400/uglow.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-lVswvTb_8l0/VjVve_Z2w_I/AAAAAAAAhYc/g_3mK0F7QEo/s72-c/uglow.jpg
Brasil Acadêmico
https://blog.brasilacademico.com/2015/10/como-seria-internet-sem-telas.html
https://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2015/10/como-seria-internet-sem-telas.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy