A guerra acabou? Explicando um paradoxo

Comentar

Há muita guerra no mundo? Na verdade, historicamente, estamos em um período incomum de paz mundial. A eficácia da comunicação trazendo notíc...

Há muita guerra no mundo? Na verdade, historicamente, estamos em um período incomum de paz mundial. A eficácia da comunicação trazendo notícias em tempo real de conflitos distantes pode nos dar a sensação de que há mais guerra hoje do que em outros tempos. Mas a guerra está com os dias contados? Veja a animação e forme sua opinião.

A animação a seguir mostra um panorama bem interessante dos conflitos no mundo hoje e ontem. E lança luzes sobre o futuro da guerra. Legendas em português com a transcrição abaixo.

Clique para tocar. Retrocede Avança Espaço Pausa/Continua Volume F Tela cheia


Violência e guerra. A brutalidade sem sentido do ISIS continua, os russos estão a invadir a Ucrânia, e os palestinos e israelitas continuam a atacarem-se.

Isto faz-te sentir triste? Bem, Não te sintas assim.

Porque se olhares para os números a guerra, na verdade parece estar ficando fora de moda, enquanto que a população mundial está na maior alta todos os tempos.

Parece que vivemos no período mais pacífico na história da humanidade.

Número de mortes em batalhas está excepcionalmente baixo.

Como é possível?

Em Setembro de 2014, havia 4 conflitos no mundo que tinham causado pelo menos 10.000 mortos desde Janeiro de 2013.

9 conflitos que mataram mais de 1.000 pessoas e 13, que mataram mais de 100 desde Janeiro de 2013.

Não é bem pacífico mas considere o seguinte:


  • De todos os conflitos em curso nenhum é uma guerra ativa entre países. Eles são ou guerras civis ou conflitos locais.
  • Embora as guerras civis sejam terríveis e causem enorme sofrimento, o seu impacto é normalmente muito menor do que uma guerra entre nações ou impérios.
  • Quando duas nações se envolvem em guerra, elas podem mobilizar forças muito maiores, e ter acesso a todos os recursos e logistica e quase toda a população do Estado.


Então, porque houve a transição de guerras entre Estados-nação para guerras civis?

Muito disso tem a ver com o colonialismo e a guerra fria.

Quando a guerra fria terminou, uma das principais causas de conflitos armados também desapareceu.

Mas o colapso de ditaduras comunistas revelou tensões novas ou antigas e trouxe conflitos novos nos estados agora libertados que muitas vezes resultaram em guerra civil.

Mas muito mais importante, em 1945, quase toda a África, grande parte da Ásia, e partes da América Latina estavam sob o domínio colonial.

Em 1990, todos já eram independentes, com exceção de algumas ilhas.

Mas espera.

Não poderias argumentar que o que as corporações multinacionais de hoje estão a fazer no terceiro mundo é tão mau como o colonialismo?

Vejamos o Congo.

Foi estabelecido como uma colônia em 1885 pelo rei Belga. Uma área 80 vezes o tamanho da Bélgica.

A violência cometida contra os congoleses indígenas e o sistema brutal de exploração econômica tinha matado metade da população até 1908.

Cerca de 10 milhões de congoleses foram executados ou morreram de fome.

Milhões foram mutilados e traumatizados.

A exploração econômica do Congo manteve-se a prioridade principal e o trabalho forçado nunca cessou completamente até o fim do regime Belga em 1960.

O que é realmente não foi há muito tempo.

Pelo que, não.

O colonialismo foi muito pior do que capitalismo desenfreado é hoje e terminou apenas há duas gerações atrás.

A maior parte dos conflitos que estão a acontecer neste momento são em áreas que há 60 anos estavam sob domínio externo.

Mas as coisas estão a melhorar.

Até 1989, vitória para um dos lados numa guerra civil era comum enquanto hoje em dia as vitórias são muito mais raras.

Ao mesmo tempo, pazes negociadas subiram de 10% para quase 40%.

E o resto do mundo?

Porque é que os Estados-nação pararam de se atacarem uns aos outros?

Há quatro razões principais:

1 Democratização.

O desenvolvimento estável de autocracia para a democracia. As democracias raramente lutam entre si.

De todas as guerras entre estados desde 1900, apenas uma minoria foram travadas entre as democracias.

2 Globalização.

A guerra já não é tão eficaz para alcançar objetivos econômicos, como costumava ser.

Hoje em dia, é quase sempre mais barato comprar produtos no mercado global do que adquiri-los pela força.

As pessoas de outras nações são mais valiosas para nós vivas do que mortas.

O que, em geral, é um conceito bastante novo.

3 A guerra é tão século XX.

Até a Primeira Guerra Mundial, a guerra era vista como uma parte inevitável da experiência humana e como um instrumento crucial para que tu podesses usar para alcançar objetivos quando a diplomacia esbarrasse numa parede.

Hoje temos regras que declaram ilegal os atos de agressão e estipulam que o uso das Forças Armadas só se justificam em legítima defesa ou com a autoridade do Conselho de Segurança da ONU.

Estas regras ainda são quebradas mas hoje em dia é mais difícil fazê-lo sem provocar oposição e desacordo.

Para além disso, temos um tribunal internacional para crimes de guerra em Haia e isso é uma inovação muito recente.

4 As fronteiras são, na grande maioria, estáveis.

Após a Segunda Guerra Mundial, as guerras territoriais geralmente pararam quando a maioria dos países se comprometeram a aceitar as fronteiras internacionais e a respeitar a autonomia de outras nações.

Mas é tudo isto apenas uma anomalia ou estamos no caminho para a paz duradoura?

A verdade é que nós ainda não sabemos.

Precisamos de uma amostra grande o suficiente para excluir a média histórica, que é de cerca de uma ou duas guerras de grande escala por século.

Nós apenas ainda não tivemos tempo suficiente desde a Segunda Guerra Mundial, para descartar a possibilidade de que a guerra não está no processo de desaparacer.

Se não tivermos uma grande guerra nos próximos 75 anos, então podemos estar muito confiantes de que a humanidade está mudando.

Portanto podes ver, a guerra pode chegado a um fim.

Sim, existem conflitos desagradáveis a acontecer em muitos lugares, mas em geral, as coisas estão melhorando.

E nós podemos torná-las ainda melhores falando em defesa da paz e da democracia.

Fonte: YouTube
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,27,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,3,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,151,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,15,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,252,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,4,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,47,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,47,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,176,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Militar,1,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,335,Educação a Distância,147,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,15,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,87,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,104,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,68,Futebol,38,Futurologia,81,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,195,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,46,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,17,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,48,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,25,Inovação,181,Inspiração,1,Inteligência Artificial,100,intercâmbio,1,Interface,190,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,59,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,472,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,71,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,83,MVC,1,Nanotecnologia,34,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,84,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,199,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,289,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,38,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,47,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,489,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,62,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,543,Tecnologia da Informação,28,TED,392,TED-Ed,41,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Teoria dos Jogos,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Universidade de Rochester,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,935,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,137,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: A guerra acabou? Explicando um paradoxo
A guerra acabou? Explicando um paradoxo
http://1.bp.blogspot.com/-dOqpJqbZiwQ/VYasLmjR5mI/AAAAAAAAeV8/lN6qJbg2olA/s1600/A-guerra-acabou.jpg
http://1.bp.blogspot.com/-dOqpJqbZiwQ/VYasLmjR5mI/AAAAAAAAeV8/lN6qJbg2olA/s72-c/A-guerra-acabou.jpg
Brasil Acadêmico
https://blog.brasilacademico.com/2015/06/a-guerra-acabou-explicando-um-paradoxo.html
https://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2015/06/a-guerra-acabou-explicando-um-paradoxo.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy