Amor. Você está fazendo isso errado

Comentar

Nesta palestra encantadora, o filósofo Yann Dall'Aglio explora a pesquisa universal da ternura e da conexão em um mundo cada vez mais ce...

Nesta palestra encantadora, o filósofo Yann Dall'Aglio explora a pesquisa universal da ternura e da conexão em um mundo cada vez mais centrado no indivíduo. De fato, é mais fácil do que você imagina. Uma reflexão sábia e divertida sobre o estado do amor nos dias atuais.


O que é o amor? É um termo difícil de definir, na medida em que sua aplicação é tão ampla. Eu posso amar a corrida. Eu posso amar um livro, um filme. Eu posso amar escalopes. Eu posso amar minha esposa. (Risos)



Mas há uma grande diferença entre um escalope e minha esposa, por exemplo, que é: se valorizo o escalope, o escalope, por outro lado, não me valoriza. Já minha esposa, ela me chama de estrela da vida dela. (Risos)

Apenas uma outra consciência desejando pode me conceber como um ser desejável. Eu sei disso, e por isso podemos definir o amor de forma mais precisa como o desejo de ser desejado. Daí o eterno problema do amor: como se tornar e se manter desejável?

Uma resposta para este problema que o indivíduo tinha antigamente ao submeter sua vida às regras da comunidade. Você tem um papel específico a executar, de acordo com seu sexo, sua idade, seu status social, e você só precisa executar seu papel para ser valorizado e amado por toda comunidade. Pensem sobre a mulher jovem que deve se manter casta antes do casamento. Pensem sobre o filho caçula que deve obedecer ao irmão mais velho, que, por sua vez, deve obedecer ao patriarca.

Mas um fenômeno começou a partir do século XIII, especialmente no Renascimento, no Ocidente, que provocou a maior crise de identidade da história da humanidade. Este fenômeno é a modernidade. Nós podemos basicamente resumi-la a um processo triplo. Primeiro, um processo de racionalização da pesquisa científica, que acelerou o progresso tecnológico. Em seguida, um processo de democratização política, estimulando os direitos individuais. Por fim, um processo de racionalização da produção econômica e liberalização comercial.

Estes três processos, interligados, aniquilaram completamente todas as referências tradicionais das sociedades ocidentais, com consequências radicais para o indivíduo. Agora, os indivíduos são livres para valorizar ou desvalorizar qualquer atitude, qualquer escolha, qualquer objeto. Mas, como resultado, eles se veem confrontados com a mesma liberdade que os outros têm para valorizá-los ou desvalorizá-los. Em outras palavras, meu valor já foi assegurado pela minha submissão às autoridades tradicionais. Agora, meu valor é cotado na bolsa.

No livre mercado de desejos individuais, eu negocio meu valor todos os dias. Daí a ansiedade do homem contemporâneo. Ele é obcecado: "Eu sou desejável?" "Até que ponto desejável?" "Quantas pessoas vão me amar?" E como ele responde a esta ansiedade? Bem, coletando histericamente símbolos de desejabilidade. (Risos)

A esse acúmulo eu chamo, juntamente com outros, de capital de sedução. É no capital de sedução que se baseia, em grande parte, nossa sociedade de consumo. É dito sobre este consumismo que nossa época é materialista. Mas não é verdade! Nós apenas acumulamos objetos para nos comunicarmos com outras mentes. Para fazermos com que nos amem, para seduzi-las. Nada poderia ser menos materialista, ou mais sentimental, que um adolescente comprando jeans novos e rasgando-os nos joelhos, porque ele quer agradar a Jennifer. (Risos)

Consumismo não é materialismo. Ao invés disso, é a matéria engolida e sacrificada em nome do deus do amor, ou melhor, em nome do capital de sedução.

À luz dessa observação do amor contemporâneo, como podemos pensar sobre o amor nos próximos anos? Podemos prever duas hipóteses: A primeira consiste em apostar que este processo de capitalização narcisística vai se intensificar. É difícil dizer que forma tomará esta intensificação, pois ela depende, em grande parte, de inovações sociais e tecnológicas, que são, por definição, difíceis de prever. Mas nós podemos, por exemplo, imaginar um site de encontros um pouco parecido com aqueles programas de pontos de fidelidade, que funciona com pontos de capital de sedução que variam de acordo com minha idade, com minha altura/peso, minha escolaridade, meu salário, ou com o número de cliques em meu perfil. Nós também podemos imaginar um tratamento químico para rompimentos, que enfraquece os sentimentos de envolvimento.

Por acaso, já existe um programa na MTV em que professores de sedução tratam a desilusão amorosa como uma doença. Estes professores se chamam a si mesmos de "artistas da paquera". "Artiste", em francês, é fácil; quer dizer "artista". "Paquera" é para seduzir alguém, não apenas seduzir -- é seduzir garotas. Então, são artistas em ganhar as garotas.

(Risos)

E eles chamam a desilusão amorosa de uma "ite". Em português, "ite" é um sufixo que significa infecção. Uma "ite" pode ser traduzida como a "infecção de". É um pouco doentio. De fato, para os artistas da paquera, apaixonar-se por alguém é uma perda de tempo, um desperdício de seu capital de sedução. Então, isso deve ser eliminado como uma doença, como uma infecção. Nós também podemos prever um uso romântico do genoma. Todo mundo vai levá-lo consigo e apresentá-lo como um cartão de visitas para verificar se a sedução pode progredir para a reprodução. (Risos)

É claro, esta corrida da sedução, como qualquer concorrência feroz, criará grandes disparidades na satisfação narcisística, e, portanto, muita solidão e muita frustração. Então, podemos esperar que a própria modernidade, que é a origem do capital de sedução, seria colocada em xeque. Eu penso particularmente na reação das comunidades neofascistas ou religiosas. Mas um futuro como esse não precisa acontecer.

Outro caminho para pensarmos sobre o amor pode ser possível. Mas como? Como renunciar a necessidade histérica de ser valorizado? Bem, tornando-me consciente da minha inutilidade. (Risos) Sim, eu sou inútil. Mas tenham certeza: vocês também são. (Risos) (Aplausos)

Todos nós somos inúteis. Esta inutilidade é facilmente demonstrável, pois, para que eu seja valorizado, eu preciso que alguém me deseje, o que demonstra que não me valorizo. Eu não tenho qualquer valor inerente. Todos nós fingimos ter um ídolo; todos fingimos ser um ídolo de alguém, mas na verdade todos nós somos impostores, um pouco como um homem na rua, que aparenta ser interessante e indiferente, quando, na verdade, ele antecipou e calculou para que todos os olhos estivessem sobre ele.

Eu acho que se tornar consciente desta falsidade geral que nos preocupa a todos nós aliviaria nossos relacionamentos. Isto é porque queremos ser amados da cabeça aos pés, justificados em cada escolha, que a histeria da sedução existe. E portanto quero parecer perfeito para que qualquer um me ame. Eu quero que sejam perfeitos para que eu possa garantir meu valor. Isso leva aos casais obcecados com o desempenho, que irão se separar, dessa forma, ao menor sinal de insucesso.

Em contraste a esta atitude, eu invoco a ternura -- o amor como ternura. O que é a ternura? Ser terno é aceitar as fraquezas do ser amado. Não se trata de se tornar um triste casal de certinhos. (Risos) Isso é muito ruim. Pelo contrário, há muito charme e felicidade na ternura. Eu me refiro especificamente ao humor que infelizmente é subutilizado. É um tipo de poesia do constrangimento deliberado.

Eu me refiro à autoironia. Para um casal que não se mantém mais, apoiado no constrangimento da tradição, eu acredito que a autoironia é um dos melhores meios para que um relacionamento dure.

[Via BBA]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,251,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,46,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,332,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,85,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,80,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,191,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,58,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,471,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,70,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,83,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,266,Psicologia Animal,23,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,488,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,22,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,540,Tecnologia da Informação,28,TED,390,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,929,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,136,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Amor. Você está fazendo isso errado
Amor. Você está fazendo isso errado
http://1.bp.blogspot.com/-nNIRyz2N-vk/UzOtLan1q9I/AAAAAAAAYfU/nImG0rzJeDs/s400/amor.jpg
http://1.bp.blogspot.com/-nNIRyz2N-vk/UzOtLan1q9I/AAAAAAAAYfU/nImG0rzJeDs/s72-c/amor.jpg
Brasil Acadêmico
https://blog.brasilacademico.com/2014/03/nesta-palestra-encantadora-o-filosofo.html
https://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2014/03/nesta-palestra-encantadora-o-filosofo.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy