O médico que operou o próprio apêndice

Comentar

O cirurgião russo Leonid Rogozov isolado com seus companheiros na antártida teve que se submeter a uma auto-apendicectomia. Seria possível s...

O cirurgião russo Leonid Rogozov isolado com seus companheiros na antártida teve que se submeter a uma auto-apendicectomia. Seria possível sobreviver? Imagens médicas. Recomenda-se cuidado ao ver as fotos (especialmente por pessoas sensíveis).
Para ler sobre o médico brasileiro que operou a própria barriga clique AQUI.


Dr. Leonid Rogozov (à direita)

A sexta expedição antártica soviética, partiu de Leningrado a bordo no navio Ob, em 05 de novembro de 1960. Após 36 dias no mar, ela deixa parte da expedição em uma plataforma de gelo na Costa Princesa Astrid. Sua tarefa era construir uma nova base polar antártica mais no interior, em Schirmacher Oasis, e passar o inverno lá. Depois de nove semanas, em 18 de fevereiro de 1961, a nova base, chamada de Novolazarevskaya, foi aberta.



Foi bom terem terminado a tempo. O inverno polar já estava se instalando, trazendo consigo meses de escuridão, tempestades de neve e geadas fortes. O navio tinha partido e não voltaria por um ano. O mar tinha congelado. O contato com o mundo exterior não era mais possível. Os 12 moradores de Novolazarevskaya contariam apenas com eles mesmos durante o longo inverno.


Base Novolazarevskaya, em foto de 2006 (fonte: Wikipedia)


Anamnese


Um dos membros da expedição era o cirurgião de Leningrado Leonid Ivanovich Rogozov, 27 anos. Ele havia interrompido uma promissora carreira acadêmica e se juntou à expedição pouco antes de dele ter que defender sua dissertação sobre novos métodos de cirurgia de câncer no esôfago. Na Antártida ele era, em primeiro lugar o médico da equipe, embora ele também serviu como meteorologista e motorista de seu veículo terrestre.

Diagnóstico


Depois de várias semanas Rogozov adoeceu. Em 29 de abril de 1961, ele notou sintomas de fraqueza, mal-estar, náuseas e, mais tarde, dor na parte superior de seu abdômen, que mudou para o quadrante inferior direito. Sua temperatura corporal subiu para 37,5°C. 1 2 Rogozov escreveu em seu diário:

Parece que tenho apendicite. Eu estou mantendo silêncio sobre o assunto, mesmo sorrindo. Por que assustar meus amigos? Quem poderia ajudar?


Como um cirurgião Rogozov não tinha dificuldade em diagnosticar apendicite aguda. Nessa situação, no entanto, foi um truque cruel do destino. Ele sabia que se quisesse sobreviver,teria que passar por uma operação. Mas ele estava isolado em uma colônia recém-fundada na Antártida à beira da noite polar. O transporte era impossível. Voar era fora de questão, devido às tempestades de neve. E havia um outro problema: ele era o único médico na base.

No dias seguinte, a situação ficou crítica. Todos os tratamentos conservadores disponíveis foram aplicados (antibióticos, resfriamento local), mas o estado geral do paciente começara a piorar: a sua temperatura corporal aumentou e vômitos se tornaram mais freqüentes.

Eu não dormi na noite passada. Dói como o diabo! Uma nevasca açoita através da minha alma, gemendo como uma centena de chacais. Ainda não há sintomas evidentes de que a perfuração é iminente, mas um sentimento opressivo de mau agouro paira sobre mim... É isso... Eu tenho que pensar com a única saída possível: a operar em mim... É quase impossível... mas eu não posso simplesmente cruzar os braços e desistir.


18:30h. Eu nunca me senti tão horrível em toda minha vida. O edifício está tremendo como um pequeno brinquedo na tempestade. Os caras descobriram. Eles não param de me acalmar. Estou chateado comigo mesmo - Eu estraguei o feriado de todos. Amanhã é Dia do Trabalho. E agora todos estão correndo por aí, preparando a autoclave. Temos que esterilizar a cama, porque nós estamos indo operar.


20:30h. Eu estou ficando pior. Eu disse aos rapazes. Agora eles vão começar a tirar tudo o que não precisamos da sala.


Preparação para a operação


Seguindo as instruções Rogozov, os membros da equipe montou uma sala de operações improvisada. Eles se retiraram tudo da sala de Rogozov, deixando apenas sua cama, duas mesas, e uma luminária de mesa. Os aerologistas Fedor Kabot e Robert Pyzhov inundaram completamente a sala com iluminação ultravioleta e esterilizaram a roupa de cama e instrumentos (pelo menos eles estavam equipados).

Bem como Rogozov, o meteorologista Alexander Artemev, o mecânico Zinovy ​​Teplinsky, e o diretor da estação, Vladislav Gerbovich, foram selecionadas para passar por uma lavagem estéril. Rogozov explicou como a operação prosseguiria e atribuiu-lhes tarefas: Artemev lhe entregaria instrumentos; Teplinsky iria segurar o espelho, e ajustar a iluminação com a lâmpada de mesa; Gerbovich estava lá na reserva, caso as náuseas derrubassem algum dos assistentes. No caso de Rogozov perder a consciência, ele instruiu sua equipe como injetá-lo com drogas usando as seringas que ele havia preparado e como assegurar uma ventilação artificial. Então ele mesmo deu uma lavagem cirúrgica em Artemev e Teplinsky, desinfetando suas mãos, e colocando luvas de borracha neles.

Quando os preparativos estavam completos Rogozov limpou-se e se posicionou. Ele escolheu uma posição semi-deitada, com seu quadril direito ligeiramente elevados e a metade inferior do corpo elevada em um ângulo de 30°. Então ele desinfetou e preparou a área operacional. Rogozov antecipou a necessidade de usar seu senso de toque para guiá-lo e assim, decidiu trabalhar sem luvas.

A operação


A operação teve início às 02:00h, hora local. Rogozov primeiro infiltrou as camadas da parede abdominal com 20 ml de procaína a 0,5%, utilizando-se de várias injecções. Após 15 minutos, ele fez uma incisão entre 10 e 12 centímetros. A visibilidade na profundidade da ferida não era a ideal, às vezes ele tinha que levantar a cabeça para obter uma visão melhor ou para usar o espelho, mas na maioria das vezes, ele trabalhou pelo tato. Depois de 30-40 minutos Rogozov começou a fazer pausas curtas por causa da fraqueza geral e vertigem. Finalmente, ele removeu o apêndice severamente afetados. Ele aplicou antibióticos na cavidade peritoneal e fechou a ferida. A operação durou uma hora e 45 minutos. No meio, Gerbovich chamou Yuri Vereshchagin para tirar fotos da operação.




Gerbovich escreveu em seu diário naquela noite:

Quando Rogozov tinha feito a incisão e estava manipulando suas próprias entranhas enquanto removia o apêndice, seu intestino borbulhava, o que foi muito desagradável para nós, fez com que quisesse me afastar, fugir e não olhar, mas eu mantive minha cabeça e fiquei. Artemev e Teplinsky também mantiveram os seus lugares, embora mais tarde revelaram que ambos haviam ficados completamente tontos e estiveram perto de desfalecer... Rogozov mesmo era calmo e concentrado no seu trabalho, mas o suor escorria pelo seu rosto e ele pedia frequentemente que Teplinsky enxugasse sua testa... A operação terminou às 04:00h, hora local. Ao final, Rogozov estava muito pálido e, obviamente, cansado, mas ele terminou tudo.


Leonid Rogozov e a autoapendicectomia

Pós-operatório


Depois Rogozov mostrou a seus assistentes como lavar e guardar os instrumentos e outros materiais. Depois que tudo estava feito, ele tomou comprimidos para dormir e deitou-se para um descanso. No dia seguinte, a temperatura foi de 38,1°C, ele descreveu sua condição como "moderadamente pobre", mas no geral ele se sentia melhor. Ele continuou tomando antibióticos. Depois de quatro dias a sua função excretora voltou ao normal e os sinais de peritonite localizada desapareceu. Depois de cinco dias a temperatura era normal, depois de uma semana ele retirou os pontos. Dentro de duas semanas, ele foi capaz de retornar às suas funções normais e ao seu diário.

08 de maio de 1961 - Eu não me permiti pensar em outra coisa senão na tarefa em questão. Era preciso ser de aço, aço firme e cerrar os dentes. No caso de eu perde a consciência, eu tinha dado a Sasha Artemev uma seringa e mostrei-lhe como me dar uma injeção. Eu escolhi uma posição meio sentada. Expliquei a Zinovy ​​Teplinsky como segurar o espelho. Meus pobres assistentes!


Eu estava com medo também. Mas quando eu peguei a agulha com a novocaína e me dei a primeira injeção, de alguma forma eu automaticamente mudei para o modo de funcionamento, e a partir desse ponto em diante eu não percebi nada.


Eu trabalhava sem luvas. Era difícil de ver. O espelho ajuda, mas também impede, afinal, ele mostrava tudo ao contrário. Eu trabalhei principalmente pelo toque. O sangramento era bem pesado, mas mantive a calma. Eu tento trabalhar com segurança. Ao abrir o peritônio, eu atingi o ceco e tive de costurá-lo. De repente, passou pela minha mente: há mais lesões aqui e eu não as notei... Eu ficava mais e mais fraco, minha cabeça começava a girar. A cada 4-5 minutos eu descansava por 20-25 segundos. Finalmente, aqui está ele, o maldito apêndice! Com horror eu observo a mancha escura na base. Isso significa que apenas um dia a mais e ele teria arrebentado e...




No pior momento da remoção do apêndice eu fraquejei: o meu coração deu um pulo e notadamente diminuiu; minhas mãos parecia borracha. Bem, pensei, isso vai acabar mal. E tudo o que restou foi a remoção do apêndice...


E então eu percebi que, basicamente, eu já estava a salvo.


Mais de um ano mais tarde, a equipe deixou Novolazarevskaya, e em 29 maio de 1962 o seu navio atracou no porto de Leningrado. No dia seguinte, Rogozov retornou ao seu trabalho na clínica. Pouco depois, ele defendeu com sucesso sua dissertação. Ele trabalhou e lecionou no Departamento de Cirurgia Geral do First Leningrad Medical Institute. Ele nunca mais voltou para a Antártica e morreu em São Petersburgo, o nome atual de Leningrado, em 21 de setembro de 2000.

Um trabalho como outro qualquer


Há algumas referências à auto-apendicectomia na literatura. A primeira foi uma que possivelmente realizada pelo Dr. Kane em 1921 (embora a operação tenha sido completada por seus assistentes). Sabemos que Rogozov não tinha ouvido falar sobre isso antes dele executar sua operação.

A auto-cirurgia de Rogozov foi provavelmente o primeiro ato de sucesso realizado em local isolado, fora do ambiente hospitalar, sem possibilidade de ajuda externa, e sem qualquer outro profissional de medicina ao redor. Continua a ser um exemplo de determinação e da vontade humana para com a vida. Nos anos posteriores Rogozov próprio rejeitou todas glorificação de seu ato. Quando pensamentos como esses são colocadas para ele, ele geralmente respondia com um sorriso e com as palavras:

Trabalho como outro qualquer, uma vida como qualquer outra.


Fonte:
Auto-appendectomy in the Antarctic: case report - British Medical Journal
[Via BBA]

COMMENTS

BLOGGER: 4
  1. Entre a cruz e o bisturi. Escolha racional. ;D gostei do post valeu

    ResponderExcluir
  2. o0

    E ainda diz "Um trabalho como outro qualquer"

    ResponderExcluir
  3. Só posso dizer uma coisa: incrível!!! No bom sentido. Claro que eu acredito no post mas é muito sangue frio. Muita superação.

    ResponderExcluir
  4. o aperto faz o gato pular...inacreditável...=/

    ResponderExcluir
Deixe suas impressões digitais aqui...

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,27,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,151,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,251,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,47,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,335,Educação a Distância,147,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,86,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,68,Futebol,38,Futurologia,81,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,194,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,46,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,48,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,25,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,189,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,58,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,471,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,71,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,83,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,84,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,199,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,46,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,488,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,540,Tecnologia da Informação,28,TED,390,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,932,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,137,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: O médico que operou o próprio apêndice
O médico que operou o próprio apêndice
http://4.bp.blogspot.com/-f3-iT77fZfc/TaWtzS-raDI/AAAAAAAAF_w/s6gEetgothY/s400/Leonid.jpg
http://4.bp.blogspot.com/-f3-iT77fZfc/TaWtzS-raDI/AAAAAAAAF_w/s6gEetgothY/s72-c/Leonid.jpg
Brasil Acadêmico
https://blog.brasilacademico.com/2011/04/o-medico-que-operou-o-proprio-apendice.html
https://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2011/04/o-medico-que-operou-o-proprio-apendice.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy