Para quem você pode doar sangue (e de quem recebê-lo)

Comentar

Saiba qual é o tipo sanguíneo das pessoas que seu sangue pode fazer nascerem de novo. Post feito pelo Blog Brasil Acadêmico em parceria de...

Saiba qual é o tipo sanguíneo das pessoas que seu sangue pode fazer nascerem de novo.
Post feito pelo Blog Brasil Acadêmico em parceria de divulgação junto com o Ministério da Saúde para promoção da doação voluntária de sangue humano.



Você nunca sabe quando vai ser vítima de um acidente, ou descobrir que precisará de uma intervenção cirúrgica urgente (pedra na vesícula e apendicite é assim, surgem do nada).

Ele não é o meu tipo

Se acontecer com você é bom que os médicos que te atenderem saibam seu tipo sanguíneo (uma anotação em uma correntinha no pescoço já ajudaria bastante). Caso contrário, você terá um sangue mais genérico, digamos assim, administrado em suas veias e artérias. Tipo um O- ("ó" negativo), por exemplo. Esse é o tipo mais "brother" de todos. Pode ser administrado a todas as pessoas (por isso é chamado de doador universal), mas não aceita qualquer sangue não. Pessoas com esse tipo sanguíneo só podem receber sangue do mesmo tipo: O-.
Bem, isso é uma simplificação e diz respeito principalmente a situações de emergência. Na verdade, o ideal é que as transfusões sejam feitas intergrupos. Ou seja, se o indivíduo é do grupo A e recebe sangue do tipo O, há no sangue recebido um quantidade de anticorpos anti-A. Isto é, células de defesa que poderão hemolisar (destruir) células sanguíneas do tipo A. O melhor sangue para quem é do tipo A é do tipo A mesmo (é importante que você saiba qual é o seu tipo sanguíneo, sabe-se lá se um dia vai precisar). Porém, ainda assim, dependendo da quantidade de sangue enviado, pode ser interessante para o paciente receptor. Isso é o médico que vai determinar examinando cada caso.
O Sistema ABO foi o primeiro dos grupos sanguíneos descobertos, em 1900, pelo cientista austríaco Karl Landsteiner. Fazendo reagir amostras de sangue de diversas pessoas, ele isolou os glóbulos vermelhos (hemácias) e fez diferentes combinações entre plasma e hemácias, tendo como resultado a presença de aglutinação dos glóbulos em alguns casos, e sua ausência em outros. Assim, Landsteiner classificou os seres humanos em três grupos sanguíneos: A, B e O (cuja denominação proveio da expressão "Ohne A, Ohne B", ou seja, "Sem A e Sem B"), e explicou por que algumas pessoas morriam depois de transfusões de sangue e outras não. Landsteiner não previu o grupo AB, mais raro, o qual foi descoberto, em 1902, por seus colaboradores von Decastello e Sturli. Em 1930 Landsteiner ganhou o Prêmio Nobel por seu trabalho. Adaptado de Wikipedia

Método para se determinar o tipo sanguíneo

Coloca-se em uma lâmina de microscópio duas gotas: uma gota de soro Anti-A e a outra de soro Anti-B. Misturando-se a cada uma o sangue cujo tipo se quer determinar podemos obter um dos quatro casos a seguir, se o sangue:
  1. Se só aglutina-se na presença do soro anti-A, pertence ao grupo A;
  2. Se só aglutina-se no soro anti-B, pertence ao grupo B;
  3. Se aglutina-se nos dois soros e pertence ao grupo AB.
  4. Não fica aglutinado em nenhum dos soros, ele pertence ao grupo O;

E essa história de positivo e negativo?

Levin e Stone (1939) relataram o caso de um feto natimorto gerado por uma mulher que posteriormente manifestou reação hemolítica transfusional ao receber sangue de seu marido (que era compatível quanto ao sistema ABO, o único então conhecido). Landsteiner e Wiener (1940) descreveram um anticorpo produzido no soro de coelhos e cobaias, pela imunização com hemácias de Macacus rhesus, que era capaz de aglutinar as hemácias de 85% das amostras obtidas de um grupo de caucasoides americanos. Wiener e Peters (1940) aproximaram as duas observações, determinando tratar-se do mesmo antígeno. O anticorpo produzido no sangue da cobaia foi denominado de anti-Rh. Os indivíduos que apresentavam o fator Rh passaram a ser designados Rh+, o que geneticamente acreditava-se corresponder aos genótipos RR ou Rr. Os indivíduos que não apresentam o fator Rh foram designados Rh- e apresentavam o genótipo rr, sendo considerados geneticamente recessivos. Adaptado de Wikipedia
Em resumo. Além do grupo ABO, temos também que levar em consideração se o sangue possui o fator Rh (nome que veio por causa da espécie do macaco que deu origem à descoberta do fator). Assim, aquele sinal de + (positivo) e menos (negativo) diz respeito à presença ou não do fator no sangue da pessoa. Por isso é tão importante que os bancos de sangue estejam sempre com esses tecidos em estoque. De uma hora para outra poderá haver uma necessidade inesperada, essa é a natureza dos acidentes, e a quantidade e a variedade de sangue pode fazer alguém nascer de novo. O sangue é um líquido tão precioso que não pode ser vendido (o que é previsto na Constituição Federal de 1988). E deve ser encarado quase como uma doação de orgãos, só que ele se reconstituíra totalmente no doador em vida.

Qual é o mais raro? Ocorrência dos tipos de sangue nos EUA


A+

34%

A-

6%

B+

9%

B-

2%

AB+

3%

AB-

1%

O+

38%

O-

7%
E não é só o sangue em estado bruto que é usado nos procedimentos médicos. Do sangue são retirados vários hemoderivados (o que faz que uma única doação atenda vários receptores) que servirão para o tratamento de várias doenças como a hemofilia, disfunção na qual o portador não produz um determinado fator, normalmente presente no sangue, fundamental para algo tão comum, que nem pensamos no quanto é fundamental para a manutenção da vida: a coagulação sanguínea. Necessária para estancar o sangue do menor do ferimentos. O cartunista Henfil (que descreveu bem o problema no livro Diário de um Cucaracha) e seu irmão, o ativista Betinho, padeciam desse mal. E ambos morreram de AIDS por receberem hemoderivados de sangue contaminado (uma vez que ambos dependiam de enormes quantidades desses compostos).
Condições básicas para doar sangue: Sentir-se bem, com saúde; Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional; Ter entre 18 e 65 anos de idade; Ter peso acima de 50Kg. Recomendações para o dia da doação: Nunca vá doar sangue em jejum; Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação; Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação; Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação; Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho. Quem não pode doar? Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade; Mulheres grávidas ou amamentando; Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas; Usuários de drogas; Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos.
Por que não é só querer doar, é preciso estar apto a realizar esse ato altruísta. Boa condição de saúde é pré-requisito. Mas hoje, graças a um maior entendimento das doenças que podem ser transmitidas pelo sangue e a adoção de protocolos e testes de controle de qualidade do sangue, o processo é considerado seguro para os doadores e receptores. Além disso, esses testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. E você poderá ter acesso ao resultado desses testes. Tanto para saber seu tipo de sangue, caso ainda não saiba, quanto para confirmar que está tudo bem. Reduziu-se ao mínimo as chances de um receptor contrair tais doenças. E para o doador o risco é praticamente zero. Já que todo o aparato de coleta que entra em contato com o doador é esterilizado e descartável.
Um adulto tem em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450ml de sangue.
Então está combinado, não deixe quebrar essa corrente do bem. Doe sangue você também, qualquer que seja seu tipo sanguíneo, e participe dessa corrente sanguínea. Outras informações podem ser obtidas nas fontes a seguir: Lista de hemocentros no Brasil Doe Sangue e faça Alguém Nascer de Novo (Hotsite da campanha) Como funciona o sangue? - HSW

COMMENTS

BLOGGER: 2
  1. Como médico e Técnico de Banco de Sangue do HDB por cerca de dez anos, em minha fase pré-acadêmica e acadêmica; apreciei muito o artigo que considero importante, claro, didático, exposto com muito brilho e ricamente ilustrado.
    Fiz uma verdadeira revisão lendo e relendo-o.
    Recomendaria, sem pestanejar, que professores de ciência, mormente de nível médio, lançassem mão desse post, na íntegra, para enriquecer suas aulas e facilitar a fixação, compreensão, motivação de seus discípulos.
    Valeu mesmo!...

    ResponderExcluir
  2. @Rilmar, depois desse atestado de qualidade, só posso agradecer e ter a certeza de que estamos no caminho certo. Obrigado doutor.

    ResponderExcluir
Deixe suas impressões digitais aqui...

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,6,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,24,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,250,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,46,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,8,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,332,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,85,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,65,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,23,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,4,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,80,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,38,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,78,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,35,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,188,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,5,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,9,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,54,Livro,57,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,68,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,470,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,70,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,15,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,83,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,265,Psicologia Animal,23,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,4,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,485,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,21,Segurança,116,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,28,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,539,Tecnologia da Informação,28,TED,389,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,929,Vídeos 360,1,Violência,4,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,134,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,1,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Para quem você pode doar sangue (e de quem recebê-lo)
Para quem você pode doar sangue (e de quem recebê-lo)
http://1.bp.blogspot.com/_cM2l6Y3Ulgg/TOs-4yBUoKI/AAAAAAAAFEI/Gna_tWY7rSo/s400/doadorSangue.jpg
http://1.bp.blogspot.com/_cM2l6Y3Ulgg/TOs-4yBUoKI/AAAAAAAAFEI/Gna_tWY7rSo/s72-c/doadorSangue.jpg
Brasil Acadêmico
https://blog.brasilacademico.com/2010/11/para-quem-voce-pode-doar-sangue-e-de.html
https://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2010/11/para-quem-voce-pode-doar-sangue-e-de.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy