E se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas?

Comentar

Você já se perguntou o que aconteceria se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas (o ponto mais profundo da Terra)? Não? Então ...

Você já se perguntou o que aconteceria se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas (o ponto mais profundo da Terra)? Não? Então esse vídeo é para você!

O que aconteceria se detonássemos a arma nuclear mais poderosa da Humanidade no ponto mais profundo do oceano? Mas é claro: tsunamis de centenas de metros de altura iriam destruir cidades costeiras, terremotos arrasariam continentes, novos vulcões iriam nos trazer o inverno nuclear.



Talvez até a Terra seja arrebentada ao meio? Ou arrancada de órbita?

Bem, quase.

Atualmente, o ponto mais profundo conhecido da Terra é no interior da Fossa das Marianas. A Fossa das Marianas é um vale bem profundo bem no limite entre duas placas tectônicas que parecem uma montanha de cabeça para baixo. Chega a uma profundidade de 11 quilômetros, quase três vezes mais profunda que o túmulo escuro do Titanic.

É um dos últimos lugares da Terra que os Humanos exploraram.

Escuro feito piche e em centenas de atmosferas de pressão, é um ambiente relativamente intocado graças á falta de Humanos. Um ótimo lugar para nosso teste nuclear.

Nós usaremos a bomba nuclear mais poderosa que os Humanos já detonaram, a bomba de hidrogênio RDS-220 ou Bomba Tsar. Sua explosão era tão massiva que sua onda de choque viajou ao redor da Terra três vezes, e sua nuvem de cogumelo subiu até 56 quilômetros no céu. Sua onda de choque foi forte o bastante para destruir tudo em uma centena de quilômetros quadrados, sua bola de fogo quente o bastante para derreter borracha.

Bombas desse tipo liberam uma enorme quantidade de energia de uma vez, podendo até evaporar um lago inteiro.

E se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas, isso é exatamente o que acontece. Vamos apertar o gatilho.

Nos primeiros poucos microssegundos, o combustível nuclear passa por sua reação em cadeia e explode com o poder de 50 megatoneladas de TNT. Um flash cegante de luz ilumina a escuridão da fossa pela primeira vez na história. O calor da explosão produz uma cavidade, uma bolha flamejante de vapor d'água, núcleo radioativo, e os restos de peixes bem azarados. A bolha cresce rapidamente enquanto vaporiza a água ao seu redor. A pressão da bolha é imensa, se expandindo como se não houvesse nada em sua direção. Disparando uma onda de choque que será sentida por estações sísmicas e baleias ao redor do mundo. E então, tão rápido quanto começa, para.

Na superfície da Terra, essa bola de fogo cresceria dez quilômetros no segundo após sua detonação, já que a atmosfera mal tem força para a segurar. Mas a pressão nas profundezas da Fossa das Marianas é enorme. Com 11 quilômetros de água acima, estar na Fossa das Marianas é como ser esmagado por uma prensa hidráulica em todas as direções. Aqui, um segundo após a detonação, nossa bolha tem um quilômetro de diâmetro, quando estranhamente, começa a encolher.

A bolha gasta muita energia, perdendo pressão enquanto se expande, até que a água empurra de volta, comprimindo-a de volta.

O cabo de guerra entre a bolha de chamas da morte e a água se desenvolve algumas vezes, com a bolha encolhendo e crescendo, até eventualmente ela perder. A pressão ao seu redor é muito grande, e a água turbulenta começa a esmagá-la.

Se torna algo como um equivalente de nuvem de cogumelo submersa enquanto se desintegra em muitas bolhas pequenas, quentes e radioativas subindo. E enquanto nossa explosão poderosa e destrutiva sobe até a superfície, basicamente não faz nada. Só uma pequena onda, e uma pluma borbulhante de água quente radioativa no Pacífico. Nenhum tsunami lavaria o Japão ou Califórnia, apesar de que barcos e baleias na área possam ter um dia ruim. A precipitação radioativa será diluída no Pacífico após alguns dias, apesar de uma boa quantidade de água e sal radioativo acabar chegando na atmosfera, onde é coletado e então chove. Mesmo se o vento soprar a precipitação diretamente em cima das Filipinas, o pior provavelmente aconteceria sobre os oceanos.

Mas certamente, o perigo real viria de nossa explosão engatilhar terremotos e vulcões, né?

Mesmo se detonarmos a bomba no ponto exato onde as placas tectônicas se tocam, provavelmente não. A explosão iria vaporizar uma parte da superfície do oceano, e transformaria um monte de areia em vidro, mas a maior parte da energia vai pela água, não em ondas sísmicas. Os terremotos já são bem comuns nas fronteiras das placas tectônicas. E terremotos com até mais energia sísmica que nossa bomba acontecem algumas vezes por ano sem engatilhar nenhum tipo de apocalipse.

Mas talvez afetaria a órbita da Terra?

Já que nenhuma massa é removida ou adicionada na Terra, nossa órbita é completamente não afetada.

Também, teve até mais de mil testes nucleares nos últimos 70 anos e eles não mudaram nossa órbita, então porque dessa vez seria diferente?

As maiores forças que a Humanidade pode liberar são mínimas comparadas com as forças da Natureza. O planeta é muito grande, nem liga. Então, o que acontece com a gente se detonarmos uma arma nuclear bem no fundo do oceano?

Um monte de nada.

Fonte: Kurzgesagt – In a Nutshell
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,Abelha,3,Acessibilidade,21,Acessórios,2,Acidente,50,Acústica,16,Adestramento,5,Administração,27,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Bori,1,Agência Brasil,22,Agência FAPESP,2,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,3,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,3,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,48,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,30,Arte,153,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,26,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,20,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,4,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,160,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,6,Bomba,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,36,Brasília,16,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,46,cardiologia,15,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,4,Cérebro,2,Charge,22,China,19,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,190,Cinema,63,Climatologia,1,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,255,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,135,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,4,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,49,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Covid-19,31,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,48,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,11,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,10,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,Desenho instrucional,12,Desenvolvimento de jogos,9,Design,26,Design Instrucional,7,Destaque,34,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,178,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Militar,1,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,4,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,108,Editoração Eletrônica,1,Educação,346,Educação a Distância,152,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,3,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,17,Energia Nuclear,11,Engenharia,63,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,16,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,31,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,10,Ensino Superior,4,Entomologia,7,Entretenimento,43,Entrevista,89,Entrevista.,1,Epidemiologia,44,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,40,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,33,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,15,Europa,2,Evento,37,Evolução,5,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,13,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,7,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finep,2,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,106,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fomento,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,41,Fotos em 360 graus,6,França,7,Francês,2,Frase,3,Fraude,5,Freeware,70,Futebol,38,Futurologia,84,gadget,87,gadgets,1,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,4,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,198,HIV,1,Hololens,2,homenagem,46,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,210,Humor Negro,9,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,46,IESB,1,IHC,8,ilo,29,ilusão,35,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,7,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,34,Impressora 3D,19,Imunologia,3,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,23,Infográfico,50,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,25,Inovação,185,Inspiração,1,Inteligência Artificial,105,intercâmbio,1,Interface,190,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,163,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Itália,1,Japão,3,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,José Saramago,1,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,56,Livro,62,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,74,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,78,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,506,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,73,mercosul,1,Mestrado,3,meteorologia,11,Metodologia Científica,45,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,15,Mídia Social,55,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,13,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,Moda,1,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,2,MSF,1,Mudança Climática,21,Mulher,4,Multimídia,14,museu,12,Música,86,MVC,1,Nanotecnologia,35,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,86,Neurologia,78,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,2,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,64,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,27,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,49,ONU,8,Opinião,95,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,4,Ótica,8,Otorrinolaringologia,2,Oxfam,3,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,3,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,206,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Política,296,Portugal,6,português,19,Pós-graduação,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,7,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,269,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,14,Pública,13,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,39,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,11,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,40,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,5,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,2,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,99,Roda Viva,49,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,RTP,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,533,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,30,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Startup,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,63,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,553,Tecnologia da Informação,28,TED,405,TED-Ed,45,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,60,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Teoria dos Jogos,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,Tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,22,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,UFSC,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Universidade de Rochester,1,Urbanismo,24,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,8,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,116,Vídeos,951,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,15,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,139,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: E se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas?
E se detonássemos uma bomba nuclear na Fossa das Marianas?
https://4.bp.blogspot.com/-Hfb59MAVaUA/XliuwGn0wPI/AAAAAAABA1M/N-SULcsz9hYWJcBQJ9rXzMLp9HnMcjb2QCLcBGAsYHQ/s1600/bombaMarianas.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-Hfb59MAVaUA/XliuwGn0wPI/AAAAAAABA1M/N-SULcsz9hYWJcBQJ9rXzMLp9HnMcjb2QCLcBGAsYHQ/s72-c/bombaMarianas.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2020/02/e-se-detonassemos-uma-bomba-nuclear-na.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2020/02/e-se-detonassemos-uma-bomba-nuclear-na.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy