Investimento em mudança social

Comentar

Aqui estão dados que vale a pena conhecer: no Reino Unido 63% dos homens que terminaram sentenças de prisão de curto prazo voltam à prisão e...

Aqui estão dados que vale a pena conhecer: no Reino Unido 63% dos homens que terminaram sentenças de prisão de curto prazo voltam à prisão em menos de um ano por outro crime. Ajudar a mantê-los em liberdade envolve formação para o emprego, aulas, terapia. Isto teria resultados impressionantes — mas o governo não tem fundos. Toby Eccles partilha uma ideia criativa de como mudar isso: o Acordo de Impacto Social. Trata-se de um acordo fora do comum que ajuda a financiar iniciativas com um objetivo social através de dinheiro privado — com o governo a devolver o dinheiro aos investidores (com juros) se as iniciativas tiverem sucesso.

Estou aqui hoje para falar sobre mudança social. Não sobre uma nova terapia ou uma nova intervenção ou uma nova maneira de trabalhar com crianças ou algo parecido, mas um novo modelo de negócios para a mudança social, uma nova forma de lidar com o problema.



No Reino Unido, 63% dos homens, depois de cumprirem penas curtas na prisão, reincidem dentro de um ano. Agora, quantos crimes anteriores vocês acham que eles cometeram, em média? 43. E quantas vezes vocês acham que eles já estiveram na prisão? Sete.

Então, fomos falar com o Ministério da Justiça, e perguntamos ao Ministério da Justiça: "O que vale para você se menos desses caras reincidirem?" Deve valer alguma coisa, certo? Quero dizer, há custos de prisão, há custos de polícia, há custos judiciais, todas essas coisas com que se gasta dinheiro, para lidar com esses caras. Quanto elas valem?

Mas, é claro, nós nos preocupamos com o valor social. Social Finance, a entidade que ajudei a criar, se preocupa com assuntos sociais. Mas queríamos fazer o caso econômico, porque se pudéssemos fazer o caso econômico, o valor de fazer isso seria completamente convincente. E se pudermos concordar tanto com um valor, quanto com uma forma de medir se temos sucesso em reduzir a reincidência, então podemos fazer alguma coisa que julgamos ser bastante interessante.

A ideia é chamada de vínculo de impacto social. Bem, o vínculo de impacto social diz simplesmente que, se pudermos fazer o governo concordar, podemos criar um contrato em que eles só pagam, se der certo. Isso significa que eles podem experimentar coisas novas sem o constrangimento de ter que pagar por elas, se não desse certo, o que ainda, para várias partes do governo, é um problema sério.

Bem, muitos de vocês talvez tenham notado que há um problema neste momento: precisamos de muito tempo para medir se esses resultados foram atingidos. Portanto, temos de levantar algum dinheiro. Usamos o contrato para arrecadar dinheiro de investidores socialmente motivados. Investidores socialmente motivados: essa é uma ideia interessante, né? Mas, na verdade, há muitas pessoas que, se tiverem a oportunidade, gostariam de investir em algo que faça o bem social. E aqui está a oportunidade. Você também quer ajudar o governo a descobrir se há um modelo econômico melhor, não apenas deixar esses caras saírem da prisão e esperar até que reincidam e prendê-los de volta mais uma vez, mas, na verdade, trabalhar com eles para que se coloquem em um caminho diferente, para resultar em menos crimes e menos vítimas?

E encontramos alguns investidores, e eles pagam por um conjunto de serviços. E se esses serviços forem bem sucedidos, eles melhoram os resultados, e com essas reduções de reincidência, o governo economiza dinheiro. E com essa economia, eles podem pagar resultados. E os investidores não só recebem seu dinheiro de volta, mas também têm um lucro.

Assim, em março de 2010, assinamos o primeiro vínculo de impacto social com o Ministério da Justiça, para atuar na prisão de Petersburgo. Foi para trabalhar com 3.000 infratores, divididos em três grupos de 1.000 cada. Agora, cada um desses grupos será avaliado ao longo de 2 anos da sua saída da prisão. Eles têm que ter um ano para cometer seus crimes, seis meses para passar pelo sistema judicial, e, depois, serão comparados com um grupo retirado do banco de dados da polícia nacional, o mais semelhante possível. E nós seremos pagos se conseguirmos atingir uma redução de 10%, para cada condenação que não aconteça. Somos pagos por crimes não cometidos. E se nós atingirmos a redução de 10% em todos os três grupos, os investidores têm um retorno anual de 7,5% sobre o seu investimento. E se formos ainda melhor do que isso, eles podem receber um retorno anual de até 13% sobre o investimento, o que está bom.

Então, todo mundo ganha aqui, certo? O Ministério da Justiça pode experimentar um novo programa e eles só pagam se funcionar. Os investidores têm duas oportunidades: pela primeira vez, eles podem investir em mudança social. Além disso, eles têm um retorno razoável, e eles também sabem que os primeiros investidores nesses tipos de coisas, eles vão ter que acreditar. Vão ter que se importar com o programa social. Mas se isso criar um histórico, ao longo de 5 ou 10 anos, podemos ampliar essa comunidade de investidores, já que mais pessoas confiarão no produto. Os prestadores de serviços, bem, pela primeira vez, eles têm a oportunidade de fornecer serviços e aumentar as evidências do que eles estão fazendo, de uma forma muito construtiva, e aprender e demonstrar o valor do que estão fazendo ao longo de cinco ou seis anos, e não apenas um ou dois, como acontece muito, atualmente.

A sociedade ganha: menos crimes, menos vítimas. E os agressores, eles também se beneficiam. Em vez de apenas sair da prisão com 46 libras no bolso, metade deles sem saber onde vão passar a primeira noite fora da prisão, alguém, de fato, vai encontrá-los na prisão, conhece seus problemas, conversa com eles no portão, leva-os a algum lugar para ficar, coloca-os em contato com os benefícios, com o emprego, reabilitação das drogas, saúde mental, tudo o que for necessário.

Então, vamos pensar em outro exemplo: trabalhar com cuidado de crianças. Vínculos de impacto social funcionam muito bem para qualquer área em que há, no momento, suprimentos muito caros que geram resultados ruins para as pessoas. Assim, as crianças sob os cuidados do Estado tendem a se sair muito mal. Apenas 13% alcançam um nível razoável de 5 matérias aos 16 anos, contra 58% da população em geral. Mais perturbadoramente, 27% dos criminosos na prisão passaram algum tempo sob essa tutela. E ainda mais preocupante, e esta é uma estatística do Ministério de Interior, 70% das prostitutas passaram algum tempo sob tutela do Estado. O Estado não é um pai muito bom. Mas existem programas ótimos para os adolescentes que estão sob tutela, e 30% das crianças entrando sob tutela são adolescentes.

Então, criamos um programa com o Conselho do Condado de Essex para testar o suporte terapêutico intensivo de família para as famílias com adolescentes à beira do sistema de atendimento. Essex paga apenas quando tiver economizando com as crianças. Os investidores puseram 3,1 milhões de libras. Esse programa começou no mês passado. Outros, sobre a falta de moradias em Londres, sobre juventude e emprego e educação, em outras partes do país. Existem agora 13 vínculos de impacto social no Reino Unido, e níveis de interesse surpreendentes nesta ideia em todo o mundo. David Cameron investiu 20 milhões de libras em um fundo de resultados sociais para apoiar essa ideia. Obama sugeriu 300 milhões de dólares no orçamento dos EUA para esses tipos de ideias e planeja levá-las em frente. E um monte de outros países estão demonstrando grande interesse.

Então, o que causou essa agitação? Por que é tão diferente para as pessoas? Bem, a primeira coisa, sobre o que já conversamos, é a inovação. Ela permite o teste de novas ideias de uma forma que é menos difícil para todos.

A segunda parte que traz é o rigor. Ao trabalhar com os resultados, as pessoas têm que testar e trazer dados para a situação com que alguém está lidando. Assim, usando Petersburgo como exemplo, adicionamos gestão de casos em todas as diferentes organizações com que estamos trabalhando, para que elas saibam o que realmente foi feito com os prisioneiros, e, ao mesmo tempo, aprendem com o Ministério da Justiça, e nós aprendemos, porque pressionamos para conseguir os dados, o que realmente aconteceu: se eles forem presos de novo ou não. E aprendemos e adaptamos o programa adequadamente.

E isso leva ao terceiro elemento, que é novo, e é a flexibilidade. Porque a contratação normal das coisas, quando se está gastando o dinheiro do governo, se está gastando o nosso dinheiro, o dinheiro dos impostos, e as pessoas responsáveis por isso são muito conscientes disso, e a tentação é controlar exatamente como se gasta. Bem, qualquer empreendedor no salão sabe que a versão 1.0 do plano de negócios não é a que geralmente funciona. Então, quando se está tentando fazer algo assim, precisa-se de flexibilidade para adaptar o programa. E, novamente, em Petersburgo, começamos com um programa, mas também, coletamos dados, e, depois de um período, nós detalhamos e mudamos o programa para adicionar uma variedade de outros elementos, de modo que o serviço se adapte e nós atendamos às necessidades de longo prazo tanto quanto às de curto prazo: maior envolvimento dos prisioneiros, envolvimento a longo prazo também.

O último elemento é a parceria. Existe, no momento, um antigo debate acontecendo com muita frequência: o Estado é melhor? O setor público é melhor? O setor privado é melhor? O setor social é melhor? Para muitos desses programas. Na verdade, para criar mudança social, precisamos trazer a experiência de todos esses setores para fazer com que funcione. E isso cria uma estrutura, através da qual, eles podem se combinar.

Então, onde ficamos com isso tudo? Ficamos com um maneira pela qual as pessoas podem investir na mudança social. Já conhecemos milhares, talvez milhões de pessoas, que querem a oportunidade de investir na mudança social. Conhecemos campeões em todo o setor público ansiosos para fazer a diferença. Com este tipo de modelo, podemos ajudar a uni-los.

Obrigado.

(Aplausos)
[Via BBA]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,251,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,47,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,332,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,85,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,80,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,191,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,58,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,471,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,70,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,83,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,488,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,540,Tecnologia da Informação,28,TED,390,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,929,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,136,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Investimento em mudança social
Investimento em mudança social
http://1.bp.blogspot.com/-1DbJEmRPhtw/Utxs5UVdt4I/AAAAAAAAX0U/ddGLaFLMGu0/s400/thumbTed.jpg
http://1.bp.blogspot.com/-1DbJEmRPhtw/Utxs5UVdt4I/AAAAAAAAX0U/ddGLaFLMGu0/s72-c/thumbTed.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2014/01/aqui-estao-dados-que-vale-pena-conhecer.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2014/01/aqui-estao-dados-que-vale-pena-conhecer.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy