$show=mobile

Cérebros politicamente polarizados compartilham uma intolerância à incerteza

Comentar

Estudo sobre polarização política, isto é, o aumento do número de “partidários políticos” que veem o mundo com um viés ideológico, mostrou c...

Estudo sobre polarização política, isto é, o aumento do número de “partidários políticos” que veem o mundo com um viés ideológico, mostrou como uma aversão à incerteza costuma estar associada a visões políticas mais extremas.

Desde os anos 1950 que os cientistas políticos teorizaram que a polarização política estaria associada a uma incapacidade de tolerar a incerteza e a uma necessidade de manter crenças previsíveis sobre o mundo. Porém, pouco se sabe sobre os mecanismos biológicos pelos quais essas percepções tendenciosas surgem.

Para desvendar essa questão, cientistas da Brown University mediram e compararam a atividade cerebral de partidários engajados – tanto liberais quanto conservadores – enquanto assistiam a debates políticos reais e noticiários. Em um estudo recente, eles descobriram que a polarização era de fato exacerbada pela intolerância à incerteza: 

Liberais com esse traço tendiam a ser mais liberais em como encaravam os eventos políticos, conservadores com esse traço tendiam a ser mais conservadores.

No entanto, eram os mesmos mecanismos neurais que estavam em ação, empurrando os partidários para seus diferentes campos ideológicos.

“Esta é a primeira pesquisa que conhecemos que ligou a intolerância à incerteza à polarização política em ambos os lados do corredor”, disse o co-autor do estudo Oriel FeldmanHall, professor assistente de ciências cognitivas, lingüísticas e psicológicas na Brown. 

“Portanto, se uma pessoa em 2016 era um apoiador fortemente comprometido com Trump ou um apoiador fortemente comprometido com Clinton, não importa. O que importa é que uma aversão à incerteza apenas exacerba a forma como dois cérebros conservadores ou dois cérebros liberais respondem ao consumir conteúdo político .”

Jeroen van Baar, co-autor do estudo e ex-pesquisador de pós-doutorado na Brown, disse que as descobertas são importantes porque mostram que outros fatores além das próprias crenças políticas podem influenciar os preconceitos ideológicos dos indivíduos.

"Descobrimos que a percepção polarizada - percepções ideologicamente distorcidas da mesma realidade - era mais forte em pessoas com a menor tolerância à incerteza em geral", disse van Baar, que agora é pesquisador associado do Trimbos, Instituto Holandês de Saúde Mental e vício. 

“Isso mostra que parte da animosidade e mal-entendidos que vemos na sociedade não se deve a diferenças irreconciliáveis ​​nas crenças políticas, mas depende de fatores surpreendentes - e potencialmente solucionáveis ​​- como a incerteza que as pessoas experimentam na vida diária.”

O estudo foi publicado online no Proceedings of the National Academy of Sciences na quinta-feira, 13 de maio.

Para examinar se e como a intolerância à incerteza molda como a informação política é processada no cérebro, os pesquisadores recrutaram 22 liberais comprometidos e 22 conservadores. Eles usaram a tecnologia fMRI para medir a atividade cerebral enquanto os participantes assistiam a três tipos de vídeos: 
  1. um segmento de notícias com palavras neutras sobre um tópico politicamente carregado, 
  2. um segmento de debate inflamado
  3. um documentário de natureza apolítica.
Após a sessão de visualização, os participantes responderam a perguntas sobre sua compreensão e julgamento dos vídeos e completaram uma extensa pesquisa com cinco questionários políticos e três questionários cognitivos projetados para medir características como intolerância à incerteza.

“Usamos métodos relativamente novos para verificar se um traço como a intolerância à incerteza exacerba a polarização e para examinar se as diferenças individuais nos padrões de atividade cerebral se sincronizam com outros indivíduos que mantêm crenças semelhantes”, disse FeldmanHall.

Quando os pesquisadores analisaram a atividade cerebral dos participantes durante o processamento dos vídeos, eles descobriram que as respostas neurais divergiam entre liberais e conservadores, refletindo diferenças na interpretação subjetiva da filmagem. Pessoas que se identificavam fortemente como liberal processavam o conteúdo político da mesma maneira e ao mesmo tempo - o que os pesquisadores chamam de sincronia neural. Da mesma forma, os cérebros daqueles que se identificaram como conservadores também estavam em sincronia ao processar o conteúdo político.

“Se você é uma pessoa politicamente polarizada, seu cérebro se sincroniza com indivíduos com ideias semelhantes em seu partido para perceber informações políticas da mesma maneira.”
Oriel FeldmanHall. Professor assistente de ciências cognitivas, lingüísticas e psicológicas na Brown.

Essa percepção polarizada foi exacerbada pelo traço de personalidade de intolerância à incerteza. Os participantes - de qualquer ideologia - que eram menos tolerantes à incerteza na vida diária (conforme relatado em suas respostas à pesquisa) tinham respostas cerebrais ideologicamente mais polarizadas do que aqueles que são mais capazes de tolerar a incerteza.

“Isso sugere que a aversão à incerteza governa como o cérebro processa as informações políticas para formar interpretações em preto e branco do conteúdo político inflamatório”, escreveram os pesquisadores no estudo.

Curiosamente, os pesquisadores não observaram o efeito de percepção polarizada durante um vídeo não político ou mesmo durante um vídeo sobre o aborto apresentado em um tom neutro e não partidário.
“Isso é fundamental porque implica que 'cérebros liberais e conservadores' não são apenas diferentes de alguma forma estável, como estrutura cerebral ou funcionamento básico, como outros pesquisadores afirmaram, mas em vez disso, diferenças ideológicas nos processos cerebrais surgem da exposição a polarizando material”, disse van Baar. 

“Isso sugere que os partidários políticos podem concordar - desde que encontremos a maneira certa de nos comunicarmos.”

David J. Halpern, da Universidade de Nova York e da Universidade da Pensilvânia, foi um autor adicional do estudo.

Fonte: Science Daily
Visto no Brasil Acadêmico

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,Abelha,3,Acessibilidade,23,Acessórios,2,Acidente,51,Acústica,16,Adestramento,5,Administração,38,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,9,África,6,Agência Bori,1,Agência Brasil,22,Agência FAPESP,3,Agência Fiocruz,4,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,6,Agropecuária,4,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,6,Alemão,4,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,3,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Análise de Texto,2,Anatomia,7,Android,3,Animação,50,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Armamento,1,Arqueologia,6,arquitetura,32,Arte,164,Astrobiologia,3,Astrofísica,3,Astronomia,27,Ativismo,30,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,15,Automóvel,21,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,5,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,164,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,33,Boato,6,Bomba,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,40,Brasília,16,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,47,Canadá,1,cardiologia,16,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,5,Cérebro,2,Charge,22,China,21,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,208,Cinema,67,Climatologia,1,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,2,Complemento de dois,1,Comportamento,261,Computação,82,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,139,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,140,Concurso,2,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,4,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,54,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Covid-19,86,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,4,Crime,48,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,7,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,15,Curiosidades,113,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,10,Davos,1,Debate,2,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,11,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,Desenho instrucional,14,Desenvolvimento de jogos,11,Design,30,Design Instrucional,14,Destaque,6,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,179,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,29,Direito Militar,1,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,2,Direitos Humanos,37,Disney,6,Distrito Federal,4,Documentário,61,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,83,Economia,112,Editoração Eletrônica,1,Educação,383,Educação a Distância,173,Educação Corporativa,6,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,2,Eleições,26,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eleições 2020,2,Eletricidade,10,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,4,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,6,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,17,Energia Nuclear,11,Enfermagem,1,Engenharia,66,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,6,Engenharia de materiais,17,Engenharia de Software,5,Engenharia Genética,31,Engenharia Mecânica,2,Enretenimento,1,Ensino a Distância,11,Ensino Superior,5,Entomologia,7,Entretenimento,45,Entrevista,90,Entrevista.,1,Epidemiologia,68,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,67,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,41,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,38,estrutura de dados,1,Ética,26,EUA,17,Europa,2,Evento,43,Evolução,5,Exercícios físicos,2,Exobiologia,3,experiência,43,fábulas,3,Facebook,19,Família,1,Farmacologia,22,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,9,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finep,2,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,114,Física Quântica,4,Fisiologia,9,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fomento,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,7,Fotografia,43,Fotos em 360 graus,6,França,8,Francês,4,Frase,3,Fraude,5,Freeware,72,Futebol,39,Futurologia,87,gadget,87,gadgets,1,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,42,Geofísica,1,Geografia,54,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,21,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,7,Gestão de Projetos,20,Gestão do conhecimento,7,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,15,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,2,Guerra,37,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,37,História,205,HIV,1,Hololens,2,homenagem,46,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,211,Humor Negro,9,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,55,IESB,2,IHC,8,ilo,29,ilusão,35,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,7,Imagine Cup,1,Império Romano,7,Imprensa,34,Impressora 3D,21,Imunologia,5,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,4,Índios,1,Infectologia,33,Infográfico,56,Informática,38,Inglaterra,4,Inglês,26,Inovação,190,Inspiração,1,Inteligência Artificial,119,intercâmbio,1,Interface,196,Interfaces Hápticas,22,Internacional,23,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,163,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Itália,2,Japão,5,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,15,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,71,José Saramago,1,Justiça,4,Ken Robinson,1,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,2,Lexicografia,5,Liderança,4,Life Hacking,20,línguas estrangeiras,3,Linguística,11,Literatura,57,Livro,66,Lógica,26,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,86,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,80,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,538,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,112,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,75,mercosul,1,Mestrado,4,meteorologia,11,Metodologia Científica,50,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,16,Mídia Social,57,Militar,15,Mineralogia,1,Mistério,3,MIT,14,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,Moda,1,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,2,MSF,1,Mudança Climática,24,Mulher,4,Multimídia,14,museu,15,Música,88,MVC,1,Nanotecnologia,36,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,2,Negócios,27,Netflix,1,Neurociência,89,Neurologia,80,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,2,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,2,Nutrição,67,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,27,Obstetrícia,4,Oceanografia,7,odontologia,9,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,49,ONU,9,Opinião,99,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,4,Ótica,8,Otorrinolaringologia,2,Oxfam,3,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,3,Pediatria,6,Pensamentos,3,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,234,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,29,Política,309,Portugal,7,português,19,Pós-graduação,2,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,7,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,21,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,54,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,277,Psicologia Animal,25,Psiquiatria,15,Pública,13,publicidade,19,Publieditorial,5,PUC Minas,1,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,33,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,43,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,12,Referência,5,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,2,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,41,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,11,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,2,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,106,Roda Viva,49,Roma,6,roteiro,1,RSA,1,RTP,1,Rússia,2,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,584,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,122,Segurança da Informação,62,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,34,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,18,Sociedade,5,Sociologia,54,Software,34,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,3,SOPA,2,Star Wars,1,Startup,2,Suécia,3,Sugestão de presentes,64,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,578,Tecnologia da Informação,28,TED,434,TED-Ed,47,TedMed,2,TEDx,4,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,60,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Teoria dos Jogos,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,12,transporte,57,Tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,25,Tutorial,21,Twitter,8,Uber,5,UFC,1,UFG,1,UFMG,1,ufologia,5,UFRJ,2,UFSC,1,Unicamp,4,UNIFESP,1,universidade,6,Universidade Corporativa,1,Universidade da Califórnica,1,Universidade da Geórgia,1,Universidade da Pensilvânia,1,Universidade de Brasília,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Chicago,1,Universidade de Columbia,1,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Universidade de Rochester,1,Universidade de Washington,2,University College London,1,Urbanismo,25,Urologia,1,User Experience,1,USP,10,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,8,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,118,Vídeos,976,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,18,Visão Computacional,10,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web,1,Web 2.0,29,Web Application,151,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,57,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Cérebros politicamente polarizados compartilham uma intolerância à incerteza
Cérebros politicamente polarizados compartilham uma intolerância à incerteza
https://1.bp.blogspot.com/-i7UpscjBkAI/YJ9bjqaNkbI/AAAAAAABG1o/O7wA9tGLlQ0gc1NXv5GgZlnDM-8a8OhRwCLcBGAsYHQ/s16000/liberalConservador.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-i7UpscjBkAI/YJ9bjqaNkbI/AAAAAAABG1o/O7wA9tGLlQ0gc1NXv5GgZlnDM-8a8OhRwCLcBGAsYHQ/s72-c/liberalConservador.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2021/05/cerebros-politicamente-polarizados.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2021/05/cerebros-politicamente-polarizados.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO SEARCH TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April Mai June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Table of Content