Uma vislumbre do futuro através de um visor de realidade aumentada

Comentar

E se a tecnologia conseguisse nos conectar mais profundamente com o que está ao nosso redor, em vez de nos distanciar do mundo real? Com o M...

E se a tecnologia conseguisse nos conectar mais profundamente com o que está ao nosso redor, em vez de nos distanciar do mundo real? Com o Meta 2, uma viseira de realidade aumentada que possibilita ver, agarrar e mover hologramas, exatamente como fazemos com os objetos físicos, Meron Gribetz espera ampliar nossos sentidos em vez de restringi-los. Junte-se a Gribetz quando ele sobe ao palco do TED para demonstrar, pela primeira vez, a realidade virtual através do Meta 2.

Os computadores de hoje são tão incríveis que nem notamos quão terríveis eles realmente são. Hoje, gostaria de conversar com vocês sobre este problema e como podemos resolvê-lo com a neurociência.



Primeiro, gostaria de voltar a uma noite gelada no Harlem, em 2011, que me impactou profundamente. Eu estava num boteco ao lado da Universidade de Colúmbia, onde estudava Ciência da Computação e Neurociência, e estava batendo um papo ótimo com um colega sobre o potencial dos hologramas um dia substituírem os computadores. E, exatamente quando estávamos quase na melhor parte da conversa, é claro, o celular dele acendeu. Daí, ele aproximou o telefone, olhou para baixo e começou a digitar. Depois, ele se obrigou a olhar para mim e falou: "Pode continuar. Estou te ouvindo". Mas, é claro, seus olhos estavam vidrados, e a conversa morreu.


Enquanto isso, no bar, vi um outro estudante com o telefone na mão, dessa vez em direção a um grupo. Ele estava passando fotos do Instagram, e os rapazes ao redor riam histericamente. O contraste entre como eu estava mal e como eles estavam felizes, usando a mesma tecnologia, realmente me fez pensar. E, quanto mais pensava nisso, mais percebia claramente que o vilão da história não era a informação digital; era simplesmente a posição da tela, que me separava do meu amigo e que unia aqueles jovens.


Eles estavam conectados ao redor de algo, exatamente como nossos ancestrais evoluíram suas habilidades sociais contando histórias ao redor da fogueira. E penso que essa é exatamente a função das ferramentas. Deveriam ampliar nosso corpo. E acho que os computadores estão fazendo exatamente o contrário. Seja enviar um e-mail para sua esposa, seja compor uma sinfonia, ou apenas consolar um amigo, fazemos tudo isso mais ou menos do mesmo jeito. Nos debruçamos sobre esses retângulos, tateando botões e menus e mais retângulos. E acho que esse é o jeito errado, acho que podemos começar a usar uma máquina muito mais natural. Deveríamos usar máquinas que tragam nosso trabalho de volta para o mundo. Deveríamos usar máquinas que usem os princípios da neurociência para ampliar nossos sentidos, em vez de ir contra eles.


Bem, acontece de eu ter uma máquina dessas bem aqui. Ela se chamada Meta 2. Vamos tentar. Agora, aqui na minha frente, consigo ver a plateia e ver minhas próprias mãos. E em três, dois, um... vamos ver surgir um holograma imersivo, um holograma bem realista surge na minha frente, dos óculos que estou usando na minha cabeça agora. E, é claro, isso poderia ser algo que estou comprando ou estudando, e posso usar minhas mãos para me mover devagar ao redor, com um controle bem preciso. Acho que o Iron Man ficaria orgulhoso. Vamos voltar a isso daqui a pouco.


(Aplausos) Obrigado.


Bem, se vocês forem parecidos comigo, devem estar zonzos com as possibilidades desse tipo de tecnologia, então, vamos ver algumas.


Minha mãe é arquiteta, então, naturalmente, a primeira coisa que imaginei foi projetar um edifício num espaço 3D, em vez de utilizar plantas 2D. Na verdade, aqui ela está tocando os gráficos e selecionando a decoração. Isso tudo filmado com uma câmera GoPro através de nossos óculos.


E o próximo uso é bem especial para mim: é o projeto dos óculos cerebrais do Professor Adam Gazzaley, cortesia da UCSF. Como estudante de Neurociência, sempre fantasiei sobre a habilidade de aprender e memorizar estruturas cerebrais complexas com uma máquina real, por meio da qual poderia tocar e brincar com as várias estruturas cerebrais.


O que estão vendo agora é a chamada "realidade aumentada", mas, para mim, é parte de uma história muito mais importante: como podemos começar a ampliar nosso corpo com dispositivos digitais, em vez de fazer o contrário.


Bem... nos próximos anos, a humanidade vai passar por uma mudança, penso. Vamos começar a colocar toda uma gama de informação digital no mundo real. Imaginem por um momento o que isso poderia significar para os contadores de histórias, para os pintores para os neurocirurgiões, para os decoradores, e talvez para todos nós aqui hoje. Acho que, como comunidade, precisamos realmente tentar fazer um esforço para imaginar como podemos criar essa nova realidade de uma forma que amplie a experiência humana, sem transformar a realidade em um jogo ou sobrecarregá-la com informação digital. Essa é a razão de eu ser tão apaixonado por isso.


Agora, quero lhes contar um segredinho. Daqui a aproximadamente cincos anos - e este dispositivo não é o menor - eles vão todos parecer tiras de vidro nos olhos, projetando hologramas. E, assim como não ligamos para o telefone que compramos em termos do hardware - compramos por causa do sistema operacional -, como neurocientista, sempre sonhei em construir o IOS da mente, se vocês me entendem. E é realmente importante fazermos isso corretamente, pois devemos viver dentro dessas coisas pelo menos o tanto que convivemos com a interface gráfica do usuário do Windows. E, não sei vocês, mas viver dentro do Windows me dá medo.


(Risos)


Para isolar a interface mais intuitiva dentre uma infinidade delas, usamos neurociência para guiar nossas diretrizes de design, em vez de deixar um monte de designers brigarem para achar uma solução para isso. E o princípio ao redor do qual nos movemos é o chamado "Caminho Neural da Menor Resistência".


A cada volta, estamos conectando o cérebro do IOS com o nosso cérebro e, pela primeira vez, à maneira do nosso cérebro. Ou seja, tentamos criar um computador que, para usar, não precisamos de aprendizado. Estamos construindo um sistema que vocês sempre souberam como usar.


Aqui estão as três primeiras diretrizes que empregamos nessa forma novíssima de experiência do usuário. Primeiro, e principalmente, você é o sistema operacional. Sistemas tradicionais de arquivo são complexos e abstratos e demandam do cérebro passos extras para decodificá-los. E isso vai contra o Caminho Neural da Menor Resistência. Enquanto isso, numa realidade aumentada, vocês podem, é claro, colocar seu painel holográfico do TED aqui, e seu e-mail holográfico no outro lado da mesa, e sua memória espacial consegue recuperá-los sem problema. Podemos colocar o carro Tesla holográfico que está comprando, ou outro modelo que nosso departamento jurídico me pediu para colocar.


(Risos)


Perfeito. E seu cérebro sabe exatamente como recuperá-los.


Chamamos a segunda diretriz da interface de "toque para ver". O que os bebês fazem quando veem algo que chame sua atenção? Eles tentam alcançá-lo e tocá-lo. E é exatamente assim que a máquina natural deveria trabalhar também. Acontece que o sistema visual recebe um estímulo fundamental de um sentido que chamamos de propriocepção, que é a consciência das partes do nosso corpo no espaço. Assim, ao tocar nosso trabalho, vamos não apenas controlá-lo melhor, como também compreendê-lo muito mais profundamente. Portanto, toquem para ver.


Mas não basta experimentar as coisas por si mesmas. Somos primatas sociais inatos. E isso me leva à terceira diretriz, a fogueira holográfica da nossa primeira história.


Nosso subsistema do neurônio-espelho sugere que podemos conectar com as pessoas e com nosso trabalho muito melhor se pudermos ver o rosto e as mãos dos outros em 3D. Assim, neste vídeo aqui atrás, há dois usuários Meta brincando com o mesmo holograma, fazendo contato visual, conectados em volta dessa coisa, em vez de serem distraídos por dispositivos externos.


Vamos continuar e tentar isso novamente com a neurociência em mente. Aqui, novamente, nossa interface favorita, o IOS da mente. Agora vou dar um passo à frente, agarrar este par de óculos e deixá-lo bem aqui na mesa. Agora estou com vocês, estou no momento, estamos nos conectando. Minha memória espacial entra em cena, e posso agarrá-lo e trazê-lo aqui para trás, me lembrando de que eu sou o sistema operacional. Agora, minha propriopercepção está funcionando, e posso ir em frente e explorar esses óculos em milhares de partes, e tocar o próprio sensor que, na verdade, está escaneando minha mão.


Mas ver as coisas sozinho não basta, por isso, agora, meu sócio Ray vai fazer me ligar em 3D, Ray?


(Toque de telefone)


Oi, Ray, tudo bem? Pessoal, posso ver esse cara na minha frente em 3D. E em tamanho real.


(Aplausos)


Obrigado.


Meu subsistema neurônio-espelho sugere que isso vai substituir os telefones, e não vai demorar. Ray, tudo bem?


Ray: Beleza. Estamos ao vivo hoje.


(Aplausos)


MG: Ray, conte à plateia o potencial do cérebro holográfico que vimos no vídeo há pouco. Pessoal, isso não vai mudar apenas os telefones. Vai mudar também a forma como trabalhamos juntos.


Muito obrigado.


Obrigado, Ray.


Ray: De nada.


(Aplausos)

Fonte: TED
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,251,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,46,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,174,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,332,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,85,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,80,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,191,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,180,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,58,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,471,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,70,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,83,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,288,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,488,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,540,Tecnologia da Informação,28,TED,390,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,929,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,136,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Uma vislumbre do futuro através de um visor de realidade aumentada
Uma vislumbre do futuro através de um visor de realidade aumentada
https://4.bp.blogspot.com/-4jE4yRefOTk/Vwp26H-ouII/AAAAAAAAkps/ptPoUmX_C9wNm4cjJ23uFmdw0FQp4OVSw/s400/visor.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-4jE4yRefOTk/Vwp26H-ouII/AAAAAAAAkps/ptPoUmX_C9wNm4cjJ23uFmdw0FQp4OVSw/s72-c/visor.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2016/04/uma-vislumbre-do-futuro-atraves-de-um.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2016/04/uma-vislumbre-do-futuro-atraves-de-um.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy