E o Brasil? Nestlé remove substâncias químicas de doces produzidos no primeiro mundo

Comentar

Deu na BBC, a fantástica fábrica de chocolate Nestlé, anunciou que seu tentáculo braço no Reino Unido removeu totalmente cores, sabores e p...

Deu na BBC, a fantástica fábrica de chocolate Nestlé, anunciou que seu tentáculo
braço no Reino Unido removeu totalmente cores, sabores e preservativos artificiais de seus doces, entre os quais barras de chocolate e balas. E no Brasil?

Futuramente, esse selo pode figurar nos doces da Nestlé. O Brasil, por enquanto , está no banco de reserva.
Essa corporação, tão presente nos lares brasileiros, fabrica desde fórmulas especiais para lactantes (os famosos NAN) até chocolates e bolachas. Conseguiu por meio de muita propaganda e pesquisa, agregar valor à marca de sorte que seus produtos possuem um valor agregado que a torna mais cara que seus concorrentes em geral na hora do consumidor comparar produto a produto nas gôndolas.

Por essas características da multinacional, fez despertar todo meu complexo vira-lático nelsonrodrigueano, que nesse caso poderia ser chamado de complexo vira-LÁCTEO, quando essa poderosa corporação suíça resolveu anunciar que eliminou mais de 80 ingredientes não naturais das receitas de 79 produtos vendidos no Reino Unido.
Por favor, corantes artificiais só se for na cara dos woompa-loompas.

O problema, é que, em comunicado, a empresa anunciou que fará a mesma mudança em países da Europa e no Canadá, sem mencionar o Brasil.

É verdade que na notícia do site da BBC eles também não citam os Estados Unidos, mas a julgar pelos argumentos meio descabidos para a escolha do candidato republicano, eles não devem ligar muito para a saúde por lá. Afinal, desde 2008 que o país anda meio ruim das pernas (para o rico para dos brothers), mas acham que vão resolver o problema de saúde pública através dos planos de saúde privados.

Para quem não entende muito do problema da falta de um SUS nos Estados Unidos, recomendo fortemente que seja assistido o documentário Sicko, SOS Saúde. No qual o documentarista Michael Moore compara o sistema de saúde deles, pelo menos como era antes da reforma proposta por Obama, com os da Inglaterra e o de Cuba. Os democratas tentam desde o governo Clinton mudar a situação mas os lobbies dos planos de saúde sabotam de toda forma.

Ema, ema, ema, cada um com seus pobrema. O fato é que desde que o fenômeno disse que é brasileiro e não desiste nunca, que o brasileiro resolveu que vai dar certo de qualquer maneira. Então a gente se cansou de empresas como a Sony ficarem regulando uma playstore brazuca, fazendo com que a comunidade de jogadores tenha que se passar por europeus ou norte-americanos para comprar os produtos da marca. Ou ter que pagar a internet mais cara, ou o iPhone mais caro, ou os carros mais caros que o resto do mundo civilizado (quem pode, dá um pulo em Miami e traz pelo menos o iPhone de lá).

Basta, desrespeito por parte de uma fabricante de smartphone, ou de consoles de videogames, mesmo de uma operadora de telefonia, é inaceitável, mas podemos esperar o troco torcendo para o Anonymous.

Porém, meus companheiros de consumo, com saúde não se brinca. Um estudo da ONG britânica Grupo de Apoio a Crianças Hiperativas mostra que de um total de 357 crianças hiperativas examinadas 87% apresentaram agravamento do seu quadro devido a colorantes artificiais na comida, enquanto 72% reagiram a preservantes. Será que as criança brasileiras não apresentariam quadro semelhante?

A Food Standards Agency, que cuida da qualidade dos alimentos no país, havia recomendado aos fabricantes de alimentos que eliminassem os ingredientes químicos. Será que é isso que está faltando para nós? Uma medida provisória, ou que o ministro da saúde baixe uma portaria estabelecendo prazos e metas semelhantes? Que o Ministério Público celebre uma TAC, termo de ajustamento de conduta, com as empresas do setor?
Como não comer aditivos da Nestlé: Segundo o site Ultimate Live, essa promoção da Nestlé (figura) durou até outubro do ano passado. O participante tinha que ter um grupo no Facebook fazendo muito "barulho" e quem fosse mais "curtido" ganhava a viagem. Da próxima vez, sugiro que o nome da promoção seja "Coma seu Chunch sem conservante". Já que um dos prêmios é justamente uma viagem para Europa...
Faz seis anos que a empresa vem realizando a mudança, sendo o chocolate Crunch o último a ser, digamos, saneado. Então presidenta Dilma, a senhora sabe o que anda tomando no seu Nescafé? Vamos ter esperar seis anos para que o Nescau fique seguro? Ou o Neston sem aditivos? Ou o Nestea sem conservantes?

De acordo com o comunicado da Nestlé, as mudanças foram feitas em resposta a pesquisa da empresa Health Focus International que mostra que 74% dos consumidores buscam produtos naturais nas prateleiras de supermercados. Ou seja, as crianças hiperativas que se lasquem. Por certo, o consumidor brasileiro não busca produtos naturais nas prateleiras do supermercado. Então a culpa de haver conservantes é desse povinho vira-lácteo.
Toquem a vinheta. Quem sabe ele aparece para ajudar?

Fico imaginando a pesquisa: Um entrevistador armado com sua prancheta pergunta para um consumidor brasileiro: Você prefere produtos naturais ou produtos com corantes, conservantes, flavorizantes que deixam as crianças hiperativas mais hiperativas ainda? Quer produtos com transgênicos ou sem transgênicos? Quer produtos orgânicos ou com agrotóxicos? Aí, o emergente da classe C por certo vai responder: "se puder pagar com o crediário das Casas Bahia, pode até dar intoxicação alimentar." Deve ser por isso que o povo anda fazendo tantos cruzeiros hoje em dia.

A Health Focus International tem entre seus clientes grandes empresas do ramo de alimentação, incluindo a própria Nestlé. Segundo jornais britânicos, essa seria a primeira grande empresa de produtos alimentícios a retirar todos os componentes artificiais de toda sua linha de doces.

O recado está dado Dona Nestlé, se perguntarem para mim se eu quero produtos sem aditivos e conservantes artificiais, aqui vai meu sonoro SIM!

[Via BBA]

COMMENTS

BLOGGER: 4
  1. Olá. Após ler esta matéria, entrei em contato com a Nestlé, que me respondeu hoje:

    "Prezado Kleber,

    Agradecemos seu novo contato e gostaríamos de esclarecer que solicitamos um número de telefone para contato por acreditar que assim poderíamos conversar melhor a respeito dos detalhes de sua mensagem anterior.

    De todo modo, agradecemos a oportunidade de prestar os esclarecimentos solicitados em relação a este assunto.

    Gostaríamos de esclarecer que, em referência à matéria citada, mesmo a aplicação de corantes e aromas artificiais sendo permitida pela legislação brasileira, seguindo uma tendência mundial, a Nestlé Brasil deu início proativamente a um processo de retirada gradativa destes aditivos de suas linhas de Chocolates e Biscoitos, substituindo-os por corantes e aromas naturais.

    Como resultado disso, os corantes artificiais já não são utilizados nos nossos Chocolates e Biscoitos. Também os aromas artificiais estão sendo reduzidos gradativamente, de forma a preservar o paladar dos produtos, já conhecido e apreciado pelos consumidores brasileiros.

    Reiteramos nossos agradecimentos e ressaltamos que nosso serviço é um canal aberto para todos os consumidores atentos como você, sempre dispostos a colaborar com observações sobre nossos produtos.

    Atenciosamente,


    SERVIÇO NESTLÉ AO CONSUMIDOR"

    ResponderExcluir
  2. Muito bom você dividir isso com a gente. Para quem quiser ratificar ou tirar outras dúvidas: http://nestle.com.br/site/faleconosco/enviarmensagem/nsc.aspx

    ResponderExcluir
  3. Eu tirei a minha. Eles ratificram o que já havia sido dito para o Kléber antes:

    "Prezado Alexandre,

    Agradecemos seu contato e atendendo ao seu pedido, confirmamos que o conteúdo de sua mensagem reflete o posicionamento de nossa empresa com relação a esse assunto.

    Atenciosamente,

    SERVIÇO NESTLÉ AO CONSUMIDOR"

    ResponderExcluir
  4. Com certeza existe uma tendencia mundial, por parte dos consumidores, a optar por alimentos com menos química entre seus ingredientes ... Inteligente é a empresa que investe seus recursos nessa onda.. Excelente reportagem

    ResponderExcluir
Deixe suas impressões digitais aqui...

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,18,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,1,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,6,Android,3,Animação,46,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,24,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,249,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,45,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,8,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,173,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,106,Editoração Eletrônica,1,Educação,331,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,83,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,65,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,23,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,4,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,78,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,38,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,78,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,35,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,187,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,208,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,5,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,178,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,9,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,54,Livro,57,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,68,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,470,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,68,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,15,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,82,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,287,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,17,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,265,Psicologia Animal,23,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,18,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,4,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,484,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,21,Segurança,116,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,28,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,538,Tecnologia da Informação,28,TED,389,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,17,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,928,Vídeos 360,1,Violência,4,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,134,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,1,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: E o Brasil? Nestlé remove substâncias químicas de doces produzidos no primeiro mundo
E o Brasil? Nestlé remove substâncias químicas de doces produzidos no primeiro mundo
http://2.bp.blogspot.com/-7iINaS0Asgw/T1LVoIYBZoI/AAAAAAAAIqw/oeS7xF4gfrA/s400/no-artificial-preservatives-logo.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-7iINaS0Asgw/T1LVoIYBZoI/AAAAAAAAIqw/oeS7xF4gfrA/s72-c/no-artificial-preservatives-logo.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2012/03/e-o-brasil-nestle-remove-substancias.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2012/03/e-o-brasil-nestle-remove-substancias.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy