Yuval Harari no Roda Viva

Comentar

O professor de História da Universidade Hebraica de Jerusalém e um dos autores mais lidos da atualidade, Yuval Noah Harari, é o entrevistado...

O professor de História da Universidade Hebraica de Jerusalém e um dos autores mais lidos da atualidade, Yuval Noah Harari, é o entrevistado na arena do Roda Viva.

Em suas obras, nas palestras e entrevistas, o israelense Harari trata de questões atuais, como: a humanidade, como a conhecemos, vai desaparecer? O homem está tentando assumir o papel de Deus? Estamos ameaçados pelo surgimento de ditaduras digitais, que seguem as pessoas o tempo todo? Seus livros Sapiens - Uma Breve História da Humanidade (que trata do passado, de como um animal tão impactante quanto uma água-viva se tornaria o senhor de todo o planeta e o terror do ecossistema), Homo Deus - Uma breve história do amanhã (que trata do futuro da espécie humana que pela primeira vez na história pode controlar a fome, as pestes e a guerra) e 21 lições para o século 21 (que trata das nossas escolhas para o presente) venderão mais de 20 milhões de cópias, sendo cerca de 1 milhão de exemplares no Brasil.
Clique     Retroceder    Avançar   Espaço /    /   F


Daniela Lima: Qual é o futuro da desinformação nas redes?
Yuval Harari: [00:03:00 - 00:04:48 ##film##] Ninguém realmente sabe. O futuro dos dados é talvez uma das questões políticas mais importantes hoje no mundo, porque os dados estão se tornando o ativo mais importante do mundo.
Nos tempos antigos, o ativo mais importante era a terra e a política era uma luta para controlar a terra e, se grande parte da terra estivesse concentrada nas mãos de uma pessoa ou de algumas pessoas, você obteria uma ditadura.
Então, nos últimos dois séculos, máquinas e fábricas substituíram a terra como o ativo mais importante. A política se tornou a luta para controlar as máquinas e a ditadura acontecia quando a maioria das máquinas e fábricas estavam concentradas nas mãos do governo ou da pequena aristocracia. E agora os dados estão substituindo as máquinas como o principal ativo e a política se torna uma luta para controlar os dados.
Uma ditadura agora significa a concentração ou o controle de excesso de fluxo de dados pelo governo ou por algumas empresas e precisamos evitar isso.
(...) Temos milhares de anos de experiência regulamentando a propriedade de terras e temos séculos de experiência regulamentando a propriedade de máquinas, mas na verdade não temos experiência em como regular a propriedade de dados, e é por isso que não posso e ninguém pode prever como será o mercado de dados em 20 ou 30 anos.
D. L.: E qual é a responsabilidade das grandes empresas de tecnologia na disseminação de desinformação?
Y.H.: [00:04:59 - 00:06:41 ##film##] Eles têm uma enorme responsabilidade. Eles são os especialistas. Eles devem saber melhor do que ninguém quais são os perigos potenciais das tecnologias que estão desenvolvendo e devem ser responsáveis. Eles devem pensar não apenas em seus lucros e no modelo de negócios. Mas também sobre o que eles estão fazendo com a sociedade humana e o sistema político.
Mas, em última análise, não é responsabilidade dessas corporações regular a tecnologia. É de responsabilidade do sistema político e dos cidadãos, porque essas corporações, em última análise, não representam ninguém.
Nós não votamos neles, eles não são funcionários eleitos, então sim, eles devem agir com responsabilidade, com certeza, mas a responsabilidade final é com o governo e com o público que vota no governo.
O problema aqui é que muitas pessoas, incluindo muitos políticos, não entendem bem as novas tecnologias, não entendem o potencial para o futuro e eu gostaria de enfatizar que realmente ainda não vimos nada.
Todos os escândalos recentes, como o escândalo analítico de Cambridge nos Estados Unidos, e todos esses escândalos são apenas a ponta do iceberg, o tipo de tecnologias que veremos na próxima década ou duas décadas tem potencial para revolucionar a sociedade, a economia e o sistema político muito mais que isso. Portanto, precisamos educar o sistema político e os cidadãos sobre o potencial.
(...)
Fernanda Diamant: (Sobre homofobia) Deveria haver uma redução do uso das redes sociais pelos grupos que estão sofrendo violência frequente?
Y.H.: [00:39:18 - 00:44:16 ##film##] Não, quero dizer, como toda tecnologia, ela tem um lado bom e um lado ruim. As redes sociais têm sido muito positivas ao conectar, por exemplo, pessoas gays ou conectar todos os tipos de grupos, e não devemos parar com isso.
Devemos agir contra a disseminação do ódio, do discurso de ódio e do assédio nas redes sociais, mas devemos manter a rede social funcionando, é claro que o grande problema das ditaduras digitais não vem da rede social ou das pessoas que a usam. Mas do governo ou talvez de uma corporação muito poderosa que está coletando dados sobre as pessoas que estão usando a rede social e, em seguida, usando-os para monitorar e controlar pessoas. Novamente, se você usar a comunidade LGBT, então agora é potencialmente muito mais fácil para um regime homofóbico descubra descobrir todos os gays do país com muito mais rapidez e facilidade do que nunca, apenas monitorando não apenas as comunicações que as pessoas têm, mas também as reações inconscientes que as pessoas têm.
Você poderia estar falando sobre outro adolescente de 15 anos.
Talvez eu ainda não saiba que sou gay, talvez ainda não tenha certeza, mas o algoritmo no computador já sabe que sou gay. Porque está monitorando todas as minhas atividades.
Digamos que eu esteja no YouTube. Então, talvez eu não assista nenhum filme gay e não veja nada assim, mas simplesmente monitorando como meus olhos reagem a diferentes imagens de pessoas que o algoritmo e o governo ou empresa por trás do algoritmo já sabem que eu sou gay. Digamos que estou navegando no YouTube e vendo um vídeo de um garoto e uma garota em trajes de banho andando na praia, agora o computador pode dizer onde meus olhos estão focados.
Se meus olhos focam mais no cara do que na garota e isso acontece repetidamente, então o algoritmo já sabe que eu sou gay. E isso pode ser usado pelas corporações para me vender coisas.
Por exemplo, a empresa que quer me vender qualquer coisa e tem duas versões de uma comercial com um cara sem camisa e outra com a garota de biquíni, ele sabe me mostrar o anúncio com o cara sem camisa e talvez eu ainda não saiba, talvez eu não tenha certeza se sou gay, mas eles já o conhecem e o usam contra mim e isso é relativamente benigno.
Mas se, por exemplo, se você pensar em um país como o Irã, que tem a pena de morte pela homossexualidade, a polícia iraniana ou o governo iraniano poderiam pegar adolescentes gays apenas por esse tipo de sistema de monitoramento com consequências terríveis, estamos chegando ao ponto em que a combinação da tecnologia da informação e da biotecnologia A biotecnologia é importante para entender o que está acontecendo no seu cérebro quando você combina os dois, obtém a tecnologia para monitorar todo mundo o tempo todo, o que nunca era possível antes, se você pensar nas ditaduras do século XX, por isso, se você vive na URSS no tempo de Stálin, para que a polícia secreta não possa seguir todo mundo o tempo todo.
Era simplesmente impossível. Mas em dez anos, algumas pessoas no mundo bilhões de pessoas poderão viver em uma ditadura digital quando não apenas tudo o que fazem, mas mesmo tudo o que sentem é constantemente monitorado.
Apenas pense, eu não sei, na Coréia do Norte em dez anos. Quando todo mundo tem que usar uma pulseira biométrica que monitora sua pressão sanguínea, seu coração bate seu nível de adrenalina no sangue, eu penso coisas assim, e você assiste na televisão, em sua casa ou talvez na escola, um discurso do grande líder e eles monitoram sua pressão arterial e sua atividade cerebral.
E se eles começam a ver sinais de raiva, sabem que talvez eu esteja batendo palmas e me forçando a sorrir, mas eles sabem: "Não, ele está com raiva!" E no outro dia estarei em algum gulag ou algo assim.
Isso seria totalmente impossível na URSS de Stálin. Mas isso está se tornando possível com a nova tecnologia do século XXI.
(...)
Celia Rosemblum: Parece que o senhor não tem um celular. É desconfiança? Como é que o senhor lida com a tecnologia?
Y. H.: [00:44:50 - 00:46:26 ##film##] Eu acho que com toda tecnologia você precisa ter certeza de que está usando, em vez de ser usado por ela. Eu não evito a nova tecnologia, ela pode ser muito útil e eu uso as mídias sociais. Mas tento ser muito consciente e usar a tecnologia para meus propósitos, sem ser controlado e escravizado por ela.
Com o smartphone, é um pouco mais complicado. Eu não tenho um smartphone, mas meu marido carrega um smartphone. Então, na verdade, estou deixando para ele esse fardo das dificuldades do smartphone.
Então, é o novo símbolo de status se você é realmente muito importante. O novo símbolo de status é se você NÃO possui um smartphone.
Se você tem um smartphone, significa que você tem um chefe, alguém que o controla e que pode acessá-lo o tempo todo, que pode lhe dizer o que fazer.
Em muitos empregos hoje em dia, você não pode recusar, quero dizer, se você quer um emprego, não apenas um smartphone, mas também um smartphone, para que o chefe possa chegar até você em todos os tipos de horas loucas.
Então você sabe que isso está se tornando o novo normal. Lembro-me dos meus pais, quando, há 30, 40 anos atrás, eles voltaram para casa do trabalho. É isso aí! Chega de trabalho. Não há como o chefe alcançá-los.
Mas olho para muitos dos meus amigos e familiares, hoje, pode ser sexta à noite e de repente eles recebem uma mensagem urgente do chefe: "Você precisa fazer isso, precisa fazer aquilo".
(...)
[00:53:57 - 00:54:09 ##film##]
Eu acho que minha função é construir uma espécie de ponte entre a comunidade científica e o público em geral.😎

Com apresentação de Daniela Lima e participação do cartunista Paulo Caruso, a bancada de entrevistadores foi formada por Celia Rosemblum, editora de Projetos Especiais do jornal Valor Econômico; Raul Juste Lores, editor-chefe da revista Veja São Paulo; Paulo Saldiva, médico patologista e diretor do Instituto de Estudos Avançados da USP; Claudia Costin, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas e colunista da Folha de S.Paulo; e Fernanda Diamant, curadora da FLIP e editora de Ciência da revista Quatro Cinco Um.

Fonte: YouTube, Roda Viva
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,27,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,19,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,3,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,2,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,7,Android,3,Animação,47,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,152,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,25,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco Central,1,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,15,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,252,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Computação Quântica,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,4,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,48,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,48,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,9,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,177,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Militar,1,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,107,Editoração Eletrônica,1,Educação,335,Educação a Distância,147,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,15,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,87,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,66,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,24,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,9,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Fintech,1,Firefox,1,Física,104,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,5,Freeware,68,Futebol,38,Futurologia,81,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,39,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,79,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,36,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,195,HIV,1,Hololens,2,homenagem,46,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,209,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,46,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,6,Imprensa,33,Impressora 3D,17,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,48,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,25,Inovação,181,Inspiração,1,Inteligência Artificial,100,intercâmbio,1,Interface,190,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,10,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,55,Livro,59,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,69,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,475,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,71,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,13,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,84,MVC,1,Nanotecnologia,34,Nasa,16,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,84,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,199,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,289,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,18,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,267,Psicologia Animal,24,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,19,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,38,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,47,Roma,5,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,492,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,23,Segurança,117,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,29,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,62,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,543,Tecnologia da Informação,28,TED,394,TED-Ed,42,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Teoria dos Jogos,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Universidade de Princeton,1,Universidade de Rochester,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,18,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,939,Vídeos 360,1,Violência,5,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,137,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,2,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: Yuval Harari no Roda Viva
Yuval Harari no Roda Viva
https://1.bp.blogspot.com/-h78ymoQ2Km8/XcrIeo0jPKI/AAAAAAAA_R0/0buzTmus9iIygxwXBJkajtpPvqca_U8AQCLcBGAsYHQ/s320/harari.gif
https://1.bp.blogspot.com/-h78ymoQ2Km8/XcrIeo0jPKI/AAAAAAAA_R0/0buzTmus9iIygxwXBJkajtpPvqca_U8AQCLcBGAsYHQ/s72-c/harari.gif
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2019/11/yuval-harari-no-roda-viva.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2019/11/yuval-harari-no-roda-viva.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy