O poder de acreditar que você pode ser melhor

Comentar

Carol Dweck faz investigação sobre "mentalidade de crescimento" — a ideia de que podemos fazer crescer a capacidade de o nosso cér...

Carol Dweck faz investigação sobre "mentalidade de crescimento" — a ideia de que podemos fazer crescer a capacidade de o nosso cérebro aprender a resolver problemas. Nesta apresentação, ela descreve duas maneiras de pensar sobre um problema que pode ser ligeiramente difícil demais para resolver. Não somos suficientemente espertos para o resolver... ou apenas AINDA não o conseguimos resolver? Uma introdução excelente para esta área de influência.



O poder do ainda.

Ouvi falar de uma escola secundária em Chicago onde os alunos tinham que passar um certo número de disciplinas para se formarem. Se eles não passassem uma disciplina, recebiam a nota "Ainda Não." Isso pareceu-me fantástico, porque se tivermos uma nota negativa, pensamos: "Eu não presto". Mas se tivermos a nota "Ainda Não" percebemos que estamos numa curva de aprendizagem. Isso dá-nos um caminho para o futuro.



O "Ainda Não" deu-me uma percepção sobre um ponto critico no início da minha carreira, um ponto de viragem importante. Eu queria ver como é que as crianças lidavam com o desafio e a dificuldade. Por isso, dei a crianças de 10 anos problemas que eram ligeiramente difíceis demais para elas. Algumas reagiram de uma forma chocantemente positiva. Disseram coisas como: "Eu adoro um desafio," ou "Sabes, estava à espera que isto fosse informativo." Perceberam que as suas aptidões podiam ser desenvolvidas. Tinham aquilo a que chamo uma mentalidade de crescimento. Mas outros alunos sentiram que aquilo era trágico, catastrófico. Na perspetiva da sua mentalidade fixa, a sua inteligência tinha sido colocada em julgamento e tinham falhado.

Em vez de se recriarem no poder do "ainda", ficaram agarrados à tirania do "agora".

O que é que eles fazem depois? Eu digo-vos o que fazem depois. Num estudo, disseram-nos que, se tivessem falhado no teste, da próxima vez provavelmente fariam batota em vez de estudar mais. Num outro estudo, depois de falharem, procuraram alguém que tivesse resultados piores do que eles para poderem sentir-se bem consigo mesmos. Estudo após estudo, fogem das dificuldades. Cientistas mediram a atividade elétrica do cérebro enquanto estudantes eram confrontados com o erro. À esquerda, vêem o estado mental fixo dos alunos. Quase não há atividade. Eles fogem do erro. Não se envolvem com ele. Mas do lado direito, têm os alunos com mentalidade de crescimento, a ideia de que as aptidões podem ser desenvolvidas. Envolvem-se profundamente. Os seus cérebros estão ao rubro com o "ainda". Envolvem-se profundamente. Processam o erro. Aprendem com ele e corrigem-no.

Como é que estamos a educar as nossas crianças? Estamos a educá-las para o "agora" em vez do "ainda"? Estamos a educar crianças obcecadas em conseguirem 20s? Estamos a educar crianças que não sabem sonhar grandes sonhos? O seu grande objetivo é conseguir um 20 no próximo teste? Será que levam esta necessidade de uma validação constante para as suas vidas futuras? Talvez, porque os empregadores vêm ter comigo e dizem: "Criamos uma geração "de trabalhadores jovens que não aguentam um dia "sem receberem um prêmio".

Então o que é que podemos fazer? Como é que podemos construir a ponte até ao "ainda"?

Aqui estão algumas das coisas que podemos fazer. Primeiro que tudo, podemos elogiar com sabedoria, sem elogiar a inteligência ou o talento. Isso não funciona. Não o façam mais. Mas elogiar o processo em que os miúdos se envolvem: o seu esforço, estratégias, foco, a sua perseverança, o seu melhoramento. Este elogiar do processo cria miúdos esforçados e resistentes.

Há outras formas de premiar o "ainda". Recentemente juntamo-nos a cientistas em jogos da Universidade de Washington para criar um novo jogo de matemática, "online" que permeie o "ainda". Neste jogo, os estudantes eram premiados pelo esforço, estratégia e progresso. O jogo de matemática habitual premia por se conseguir respostas corretas "agora", mas este jogo premiava o processo. E obtivemos mais esforço, mais estratégias, mais envolvimento e por períodos de tempo mais longos, e mais perseverança quando encontram problemas mesmo difíceis.

Estamos a perceber que as palavras "ainda" ou "ainda não", dão aos miúdos uma maior confiança, um caminho para o futuro que cria uma maior persistência. Podemos efetivamente mudar a mentalidade dos estudantes. Num estudo, ensinamos-lhes que todas as vezes que saem da sua zona de conforto para aprender algo novo e difícil, podem-se formar no seu cérebro novos neurônios, ligações mais fortes e, ao longo do tempo, ficarem mais espertos.

Vejam o que aconteceu: neste estudo, os estudantes a quem não era ensinado o estado mental e crescimento continuavam a baixar as notas durante a difícil transição de escola, mas aqueles a quem era ensinada esta lição, mostraram uma rápida melhoria nas suas notas. Demonstramos este tipo de melhoria, com milhares de crianças, em especial estudantes com dificuldades.

Por isso vamos falar de igualdade. No nosso país, há grupos de estudantes que de forma crônica têm baixos resultados. Por exemplo, crianças em cidades do interior, ou crianças nas reservas dos nativos americanos. Têm baixos resultados há tanto tempo que muitos pensam ser inevitável. Mas quando os educadores criam classes de crescimento de mentalidade. baseadas no "ainda", a igualdade acontece. Aqui estão apenas alguns exemplos. Num ano, uma turma do pré-escolar em Harlem, Nova Iorque, pontuou no percentil 95, no Teste Nacional de Desempenho. Muitas daquelas crianças nem conseguiam segurar num lápis quando chegaram à escola.

Num só ano, estudantes muito atrasados, do quarto ano, na cidade de South Bronx tornaram-se na turma número um, do quarto ano, do estado de Nova Iorque, no teste de matemática. Num ano, ano e meio, estudantes nativos americanos, numa escola numa reserva passaram dos piores do seu distrito para o topo, e esse distrito incluía secções afluentes de Seattle. Assim, os miúdos nativos ultrapassaram os miúdos Microsoft.

Isto aconteceu porque o significado de esforço e dificuldade foram transformados. Antes, o esforço e a dificuldade faziam com que se sentissem burros, com vontade de desistir, mas agora, no esforço e na dificuldade, é quando os seus neurônios estão a estabelecer novas ligações, ligações mais fortes. É quando estão a ficar mais espertos.

Recentemente recebi uma carta de um rapaz de 13 anos, Dizia assim: "Cara Professora Dweck, "Sei que a sua escrita se baseia numa sólida investigação científica, "e foi por isso que decidi pô-la em prática. "Esforcei-me mais nos trabalhos da escola, "na relação com a minha família, "e na minha relação com os meus colegas de escola.

"Experimentei grandes melhorias em todas essas áreas. "Agora apercebo-me que desperdicei a maior parte da minha vida."

(Risos)

Não vamos desperdiçar mais a vida de ninguém, porque, quando sabemos que as capacidades podem crescer desta forma, torna-se num direito básico para todas as crianças, viverem em lugares que potenciam esse crescimento, viverem um lugares cheios de "ainda".

Obrigada.

Fonte: TED
[Visto no Brasil Acadêmico]

COMMENTS

BLOGGER

$show=mobile

Nome

#existepesquisanobrasil,1,A divulgar,2,Abelha,3,Acessibilidade,20,acessório,2,Acidente,48,Acidentes,2,Acústica,16,Adágios,1,Adestramento,5,Administração,26,adulto,1,Aerodinâmica,4,Aeronáutica,8,África,6,Agência Brasil,18,Agência Fiocruz,1,Agência Porvir,1,Agência Senado,1,Agência USP,4,Agricultura,4,Agropecuária,2,AIDS,1,AirBNB,1,Alcoolismo,7,Alemanha,3,Alerta,1,Algoritmo,8,Alimento,1,Alzheimer,4,Amazon,1,Amazônia,4,América Latina,1,Análise Combinatória,1,Anatomia,6,Android,3,Animação,46,Animais de Estimação,6,Animal,2,Antropologia,14,Apicultura,8,App,9,Apple,5,Apresentação,4,aquário,1,Argentina,4,Arqueologia,5,arquitetura,29,Arte,149,Astrobiologia,2,Astrofísica,3,Astronomia,24,Ativismo,26,Áudio,3,Audio FX,2,Áustria,1,Autismo,2,Auto-ajuda,10,Automobilismo,14,Automóvel,19,aventura,3,Aviação,5,Aviônica,8,Bahia,2,Balonismo,3,Banco de Dados,5,Beber e Dirigir,1,biblioteconomia,3,Bicicleta,1,Biografia,16,Biologia,157,Biologia Marinha,15,bioquímica,6,Biotecnologia,25,Bitcoin,2,Blog,29,Blogger,32,Boato,5,Bomba,1,borderô de desconto,1,Botânica,5,BRASA,1,BRASA Leads,1,Brasil,34,Brasília,14,BRIC,1,Browser,10,Bugs,3,CAD,3,Calor,2,Câmera lenta,1,Campanha,44,cardiologia,14,Carnaval,2,carreira,2,Cartografia,3,Casemods,1,Caso Isabella Nardoni,1,Caso Snowden,1,Ceará,1,Celebridades,6,celular,24,Células-Tronco,3,Cérebro,2,Charge,22,China,16,Cibercultura,2,Ciclovia,1,Cidadania,39,Ciência,183,Cinema,63,Clip,1,Cliparts,1,Cloud computing,4,Coaching,12,Comédia,2,competência,1,Complemento de dois,1,Comportamento,249,Computação,81,Computação em grade,5,Computação forense,3,Computação Gráfica,135,Computação Móvel,1,Comunicação e Marketing,131,Concurso,1,Concurso Cultural de Natal,1,Concursos Público,2,Concursos Públicos,3,Conectômica,1,Conferência,1,Congresso em Foco,1,Conspiração,2,Consumidor,7,Consumismo,3,contabilidade,2,Contos,45,Copa do Mundo,27,Cordel,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,1,Corpo,2,Coruja,1,cosmética,3,Cosmologia,21,Crash Course,1,Criança,1,Criatividade,3,Crime,46,Crime Digital,7,crise,11,crise econômica,8,crônica,5,crônicas,5,Cronologia,1,CSS,3,Cuba,4,Culinária,8,Cultura,9,Curiosidades,112,custos fixo,1,custos variáveis,1,Dança,6,DAO,1,Darwin,9,Davos,1,Debate,1,Decoração,1,demência,1,Demografia,3,Denúncia,10,Dermatologia,7,Desastre Natural,13,Descoberta,2,desconto duplicatas,1,Desenho instrucional,11,Desenvolvimento de jogos,8,Design,25,Design Instrucional,6,Destaque,25,Dia das Mães,1,Dia do professor,1,diabetes,6,Dicas,66,Didática,1,Dieta,3,diplomacia,3,Direito,173,Direito Eleitoral,1,Direito Internacional,28,Direito Trabalhista,1,Direito Tributário,2,Direitos Autorais,1,Direitos Humanos,37,Disney,5,Distrito Federal,2,Documentário,60,Doutorado,1,download,3,Drogas,7,Drone,3,Dubai,1,e-Book,2,e-governo,2,EBC,1,Ecologia,81,Economia,106,Editoração Eletrônica,1,Educação,331,Educação a Distância,143,Educação Corporativa,4,educação física,19,Educação sexual,6,Efeitos Sonoros,4,Egiptologia,1,Eleições,23,Eleições 2014,12,Eleições 2018,5,Eletricidade,9,eletrônica,3,Em Operários,1,Embrapa,1,empreendedorismo,6,enciclopédia,1,endocrinologia,5,Enem,3,Energia,14,Energia Alternativa,16,Energia Nuclear,11,Engenharia,62,Engenharia Agrícola,1,Engenharia Civil,4,Engenharia de materiais,13,Engenharia de Software,4,Engenharia Genética,30,Engenharia Mecânica,1,Enretenimento,1,Ensino a Distância,9,Ensino Superior,3,Entomologia,7,Entretenimento,41,Entrevista,83,Entrevista.,1,Epidemiologia,21,Epistemologia,1,Equador,1,Escândalo,5,Escritório,1,Espaço,65,Espanha,1,Espanhol,2,Espeleologia,1,Espetáculo,8,Espionagem,20,Esporte,39,Estação,1,Estágio,2,Estatísticas,32,estrutura de dados,1,Ética,23,EUA,14,Europa,2,Evento,37,Evolução,4,Exercícios físicos,2,Exobiologia,2,experiência,42,fábulas,3,Facebook,17,Farmacologia,8,Favo,1,Feminismo,1,Férias,1,Ferramentas,6,FIFA,2,Filantropia,4,Filmes,16,Filosofia,47,Finlândia,1,Firefox,1,Física,103,Física Quântica,3,Fisiologia,7,Fisioterapia,6,Flagrante,2,Flamengo,1,Folclore,3,Fome,1,Fonética,1,Fonoaudiologia,6,Fotografia,40,Fotos em 360 graus,6,França,6,Francês,2,frases,2,Fraude,4,Freeware,67,Futebol,38,Futurologia,78,gadget,88,Gafe,2,Gamificação,5,Gastroenterologia,5,Gastronomia,2,Geek,1,Genética,38,Geofísica,1,Geografia,52,Geologia,10,Geometria,6,geopolítica,20,Gerenciamento do Tempo,1,Geriatria,10,Gestão de Competências,2,Gestão de Configuração,2,Gestão de Pessoas,3,Gestão de Projetos,17,Gestão do conhecimento,6,Ginecologia,3,Glass,1,Google,78,Governo,4,GPS,1,Gradiente,1,gramática,13,Gravidez,1,Grécia,1,Grécia Antiga,1,Guerra,35,Guerra Civil,2,Guinness,1,H2,2,Haiti,3,hardware,35,História,187,HIV,1,Hololens,2,homenagem,45,Horologia,1,HPV,1,HTML,6,Humor,208,Humor Negro,8,IBGE,2,IBM,4,ICIJ,2,Idioma,43,IHC,8,ilo,29,ilusão,34,ilusionismo,5,Imagem 3D,16,Imagens,6,Imagine Cup,1,Império Romano,5,Imprensa,33,Impressora 3D,16,Imunologia,2,Incêndio,2,Inclusão digital,8,Índia,3,Índios,1,Infectologia,16,Infográfico,47,Informática,38,Inglaterra,3,Inglês,22,Inovação,178,Inspiração,1,Inteligência Artificial,98,intercâmbio,1,Interface,188,Interfaces Hápticas,20,Internacional,22,Internacionalização da Amazônia,3,Internet,160,Internet das Coisas,2,Inundação,2,Invenção,20,Inventos,6,iPad,1,IPEA,1,iphone,3,Irã,3,Iraque,1,Israel,6,Japão,2,Java,2,Java.,2,jogos,9,Jogos educativos,13,Jogos Olímpicos,10,Jornalismo,69,Justiça,4,Kinect,10,Le Monde Diplomatique Brasil,9,Le Monde Diplomatique Brasil,1,Letras,1,Lexicografia,5,Liderança,3,Life Hacking,20,Linguística,9,Literatura,54,Livro,57,Lógica,25,Logística,4,Loterias,4,Lua,1,Maçonaria,4,Malásia,2,Malvinas,2,Malware,1,Mapa,68,Mário Sérgio Conti,1,Marte,2,Mastologia,1,Matemática,76,Matemática Financeira,1,maternidade,1,Mecânica,8,Mecânica dos Fluidos,2,Mecatrônica,46,Medicina,470,Medicina Esportiva,1,Medicina Veterinária,4,Meio Ambiente,104,Mel,1,melanoma,1,Memória,5,memorização,4,Mente,4,Mercado de Trabalho,68,mercosul,1,Mestrado,1,meteorologia,11,Metodologia Científica,44,México,1,Microbiologia,4,Microsoft,14,Mídia Social,54,Militar,14,Mineralogia,1,Mistério,2,MIT,12,Mitologia,2,Mobilidade,1,Mobilidade Urbana,9,MonaVie,1,Montanhismo,1,Moodle,7,Mossad,1,Motivação,1,Movimento Maker,1,MSF,1,Mudança Climática,20,Mulher,4,Multimídia,14,museu,10,Música,82,MVC,1,Nanotecnologia,33,Nasa,15,Natação,2,Natal,17,Natureza,1,Negócios,25,Netflix,1,Neurociência,82,Neurologia,77,Nicolelis,1,Nordeste,2,Noruega,1,notícias,8,Novidades,18,Novo Enem,2,Números,1,Nutrição,63,Obama,1,Obesidade,10,Observatório da Imprensa,26,Obstetrícia,3,Oceanografia,7,odontologia,7,Offshore Leaks,2,oftalmologia,11,Olimpíadas,7,oncologia,45,ONU,8,Opinião,92,Óptica,17,Oracle,1,Oriente Médio,5,Orkut,2,Ornitologia,1,ortografia,3,Ortopedia,3,Ótica,8,Otorrinolaringologia,1,Oxfam,2,Pacifismo,1,Paginadores,1,paleontologia,3,Paquistão,1,Pará,2,Paraguai,2,parkinson,2,Passeio virtual,1,Patinação,1,Pedagogia,1,Pediatria,6,Pensamentos,2,performance,2,Periférico,1,Pesca,2,Pesquisa,198,Petição,1,Petrobrás,9,Petróleo,12,Photoshop,5,Pirataria,7,planilha de custo,1,Playstation 3,2,Plebiscito,3,Pneumologia,1,Podcast,4,Poesia,28,Poítica,1,Politica,5,Política,287,Portugal,6,português,18,Pós-graduação,1,prazo médio,1,Pré-sal,5,Prêmio Nobel,6,primatologia,1,Primeira Guerra Mundial,1,privacidade,17,produtividade,3,professor Hamilton Alves,2,Programa Gratuito,4,Programação,51,Projeção Mapeada,1,Projeto Truco,2,Promoção,1,Propaganda,5,Psicanálise,1,Psicologia,265,Psicologia Animal,23,Psiquiatria,13,Pública,12,publicidade,18,Publieditorial,4,Quadrinhos,10,Quads,5,Qualidade,3,Qualidade de Vida,11,química,32,REA,2,realidade aumentada,44,realidade diminuída,2,Realidade Misturada,2,Realidade Virtual,37,Reconhecimento de imagem,12,Reconhecimento de voz,3,Recorde,1,Recoverit,1,Recuperar vídeos,1,Redação,1,redes,10,Referência,2,Referendo,1,Reforma Política,3,Reino Unido,1,Relacionamento,2,Relações Internacionais,40,Religião,39,Responsabilidade Social,4,Retrospectiva,1,Review,4,Rio 2016,6,Rio de Janeiro,1,Rio Grande do Norte,1,Rio Grande do Sul,1,robótica,97,Roda Viva,45,Roma,4,roteiro,1,RSA,1,Rússia,1,Samsung,1,Sanitarismo,5,Santa Catarina,1,São Paulo,4,Saúde,484,Savant,1,Segunda Guerra Mundial,21,Segurança,116,Segurança da Informação,60,Seleção Natural,2,Séries,2,serviço,1,Serviço Online,1,Sexologia,2,sexualidade,5,Show,7,SIGGRAPH,1,Simulação,28,Singularity University,1,Síria,3,Sismologia,2,Sistema operacional,4,Sistemas de Numeração,1,Sites de Busca,14,Sociedade,4,Sociologia,52,Software,32,Software Livre,25,Sol,2,Sono,4,Sony,2,SOPA,2,Star Wars,1,Suécia,3,Sugestão de presentes,61,Sun,1,supercomputadores,2,Sustentabilidade,5,Tabagismo,6,Taiwan,1,Talento precoce,1,taxa de juros efetiva,1,taxa de juros nominal,1,Taxas Equivalentes,1,Taxidermia,1,Teatro,26,Técnicas de Estudo,2,Tecnologia,538,Tecnologia da Informação,28,TED,389,TED-Ed,40,TedMed,2,TEDx,1,TEDx Rio+20,1,TEDxAmazônia,1,TEDxAsaSul,1,Telefonia,59,Televisão,43,Temas,1,Tempo,1,Tendências,10,Teologia,5,teoria das supercordas,1,Terremoto,7,Terrorismo,15,Tesla,1,Testes,17,Tipologia,8,Tomada de Decisão,1,tradução,5,Trânsito,11,transporte,55,tributo,3,Trigonometria,1,Tubarão,2,Tunísia,1,Turismo,21,Tutorial,20,Twitter,8,Uber,4,UFC,1,UFG,1,ufologia,5,UFRJ,1,Unicamp,1,UNIFESP,1,universidade,5,Universidade Corporativa,1,Universidade de Cambridge,2,Universidade de Michigan,1,Urbanismo,23,Urologia,1,User Experience,1,USP,6,Utilidade Pública,3,Utilitário,3,Vale,1,Vaticano,1,Veículo Autônomo,7,Ventriloquismo,3,Verão,1,vestibular,3,Vestimenta,1,Vida Digital,7,Vida Moderna,17,Vida Selvagem,10,Videogame,114,Vídeos,928,Vídeos 360,1,Violência,4,Vírus,2,Visão Computacional,9,Vôlei,1,Vulcanologia,6,Watergate Política,1,WCIT 2016,2,WCIT 2017,1,Web 2.0,29,Web Application,134,Web Semântica,2,Web Seminar,1,webdesign,11,Webinar,2,widget,2,WikiLeaks,37,Wikipedia,4,Windows,5,Xadrez,1,YouTube,6,Zika,1,Zoologia,56,
ltr
item
Brasil Acadêmico: O poder de acreditar que você pode ser melhor
O poder de acreditar que você pode ser melhor
http://4.bp.blogspot.com/-Hh0JpOxGDHQ/VQo0c661e7I/AAAAAAAAcuM/-NxO3RneBho/s400/notYet.jpg
http://4.bp.blogspot.com/-Hh0JpOxGDHQ/VQo0c661e7I/AAAAAAAAcuM/-NxO3RneBho/s72-c/notYet.jpg
Brasil Acadêmico
http://blog.brasilacademico.com/2015/03/o-poder-de-acreditar-que-voce-pode-ser.html
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/
http://blog.brasilacademico.com/2015/03/o-poder-de-acreditar-que-voce-pode-ser.html
true
3049085869098582068
UTF-8
Todos os posts carregados Nenhumpost encontrado VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Home Páginas POSTS Ver Todos Recomendado para você CATEGORIA ARQUIVO BUSCA TODOS POSTS Não encontrado nehum post de acordo com o seu critério Voltar para Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agorinha 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ semanas atrás mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy